Confira o que acontece no agronegócio

O que acontece durante a semana no agronegócio você acompanha aqui na Intertv Web.

O colunista Gustavo Batista traz toda semana na coluna “Agro Minuto”, o que no mundo do agronegócio. Acompanhem!

SAFRA AGRÍCOLA SP 2021/2022

A Previsão de safra no estado de São Paulo é de aumento em 2,06% na produção de culturas anuais. O levantamento foi feito em 645 municípios pelo Instituto de Economia Agrícola.

Os resultados indicam uma ligeira expansão da agricultura paulista em 2020/21 em comparação com 2019/2020 de 0,56% de área plantada e perda de 2,35% no volume a ser produzido, devido a menor produtividade da terra de 2,91%.

O conjunto das culturas anuais apresenta acréscimo de 2,06% na produção e 0,23% na produtividade da terra. Mais especificamente para o grupo dos grãos, os indicadores apontam perda de 0,33% na produtividade e incremento 1,68% na produção por conta do aumento de 2,0% na área plantada.

No grupo das culturas perenes e semiperenes, houve queda na produção (-4,02%), influenciada pela menor produtividade (-4,12%), já que a área permaneceu praticamente estável (+0,13%). A menor produção cafeeira causada pelo ciclo de baixa contribuiu para esse resultado negativo.

A Previsão de safra no estado de São Paulo é de aumento em 2,06% na produção de culturas anuais
Foto: Governo Federal

CANA

O efeito climático e redução de área podem gerar redução de 15,7% na produção de cana-de-açúcar no estado de São Paulo. Com isso, a expectativa é que a colheita chegue a 298,7 milhões de toneladas. Já a área destinada à produção deverá sofrer decréscimo de 7,9%, ficando em cerca de 4 milhões de hectares. A produtividade média esperada está próxima a 72,9 mil quilos por hectare. As principais causas destes índices são a seca e a geada. Os dados são do 2° Levantamento da Safra 2021/22 de Cana-de-Açúcar da Conab.

(Fonte: CONAB)

 

AMENDOIM

O Estado de São Paulo produziu, na safra agrícola 2020/21, 26,95 milhões de sacas de 25 kg de amendoim em grão, equivalente a 673,81 mil toneladas. Esse resultado reflete um aumento de 7,8% em relação à safra passada principalmente pelo acréscimo de 12,2% na área plantada.

(Fonte: IEA)

O Estado de São Paulo produziu, na safra agrícola 2020/21, 26,95 milhões de sacas de 25 kg de amendoim em grão
Foto: Grupo Cultiva

CAFÉ

A safra de café no Estado de São Paulo teve ligeiro incremento na produção (0,4%) comparado ao levantamento anterior, totalizando nesta nova estimativa colheita de 4,31 milhões de sacas de 60 kg de café beneficiado.

Nesse ciclo de baixa produção da lavoura, o resultado esperado para a produção paulista do café beneficiado de 4,31 milhões de sacas (258,9 mil toneladas) se posiciona 32,2% abaixo da registrada na estimativa final da colheita de 2019/20 (ciclo de alta), quando foram obtidas 6,36 milhões de sacas.

(Fonte: IEA)

 

LARANJA

A estimativa preliminar da safra agrícola da laranja é de 303,5 milhões de caixas de 40,8 kg (12.383 mil toneladas), volume 4,5% menor ao obtido na safra agrícola anterior. O período de deficiência hídrica, principalmente nos meses de março e abril de 2021, quando os frutos já se encontram em estágio mais avançado de desenvolvimento, e a intensificação das altas temperaturas diurnas justificam o comprometimento desta safra, pois afetam negativamente estágios importantes do desenvolvimento vegetativo dos pomares, como o florescimento e o desenvolvimento dos frutos.

(Fonte: IEA)

A estimativa preliminar da safra agrícola da laranja é de 303,5 milhões de caixas de 40,8 kg (12.383 mil toneladas)
Foto: Divulgação

SOJA

Os resultados do ano-safra 2020/2021 de soja foram bem positivos: a área em produção foi ampliada em 4,8%, alcançando 1.154,3 mil hectares, a produtividade foi de 3.527 kg/ha, incremento de 1,2% em relação ao ano anterior e, com isso, a produção foi de 4.070,7 mil toneladas, 6,1% superior a 2019/20. Ressalta-se que esse aumento ocorreu em comparação à maior produção já ocorrida no estado, registrada em 2019/20.

(Fonte: IEA)

 

TRIGO

Os produtores paulistas de trigo aumentam sua participação na distribuição de área e elevam a produção do cereal no estado. Os números apurados no quarto levantamento da previsão e estimativa de safra agrícola de 2020/21 de trigo indicam acréscimo de 4,8% na área cultivada (110,3 mil hectares) em relação ao levantamento de abril último, e crescimento na produção prevista de 11,2%, totalizando 361,7 mil toneladas. O ajuste positivo em área e produção elevou a produtividade esperada em 6,1%. O crescimento em área diante do levantamento de abril está associado provavelmente ao fato de que áreas ainda não informadas passaram a figurar neste levantamento de junho.

(Fonte: IEA)

Os produtores paulistas de trigo aumentaram sua participação na distribuição de área e elevaram a produção do cereal no estado
Foto: Divulgação

ENERGIA SOLAR BRASIL

Segundo levantamento da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), o Brasil acaba de ultrapassar a marca de 700 mil unidades consumidoras com geração própria de energia a partir da fonte solar.

Em número de unidades consumidoras que utilizam a geração própria de energia solar, os consumidores residenciais estão no topo da lista, representando 75,5% do total. Em seguida, aparecem consumidores dos setores de comércio e serviços (14,8%), produtores rurais (7,2%), indústrias (2,1%), poder público (0,4%) e outros tipos, como serviços públicos (0,02%) e iluminação pública (0,01%).

 

JAPÃO GENÉTICA AVÍCOLA

O Japão abriu seu mercado para a genética avícola do Brasil, informa a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA). A abertura vale para empresas genéticas de ovos férteis e pintos de um dia instaladas no Brasil, que atendam aos requisitos de saúde animal publicados pelas autoridades sanitárias japonesas em seu certificado. O país já exporta pra lá carne de frango há 4 décadas.

Segundo levantamento da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), o Brasil acaba de ultrapassar a marca de 700 mil unidades consumidoras com geração própria de energia a partir da fonte solar
Foto: Instalo Solar

Gustavo Batista

Gustavo Batista é jornalista há 20 anos com pós-graduação em gestão de comunicação. Tem experiência em rádio, tv, assessoria de imprensa e meios digitais. Já atuou em canais de tv como TV Clube, TV Record e TV Thathi. Atua há 10 anos no setor de Agronegócio.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: