O quarto do bebê

Oi pessoal hoje vou começar com uma ideia, vou dar dicas de decoração para cada cômodo da casa.

E para começar vou falar de um que gosto muito de projetar, o quartinho do bebê. Pois é, muitas mamães quando descobrem que estão grávidas já começam a pensar na decoração do quartinho e a ansiedade de saber o sexo do bebê muitas vezes se torna maior, até porque sem saber o sexo como irão escolher o tema da decoração, não é mesmo?

Antigamente a decoração era rosa para menina e azul para menino. Ainda bem que hoje em dia isso não é mais assim, pelo contrário, o que está em alta são quartos com cores claras e neutras.

Sim, ainda se usa o rosa e o azul, mas também o lilás, o amarelo, o verde, o bege, o branco e porque não o preto, o cinza e o colorido. Os temas podem ser de realezas, bichinhos, natureza, carros, boneca, ursos, estrelas ou o que os papais acharem que combina com o momento.

O que mais importa nesse momento é o bom gosto, a praticidade e a utilidade dos móveis, ou seja, tenha sempre em mente que muito objeto não é legal, pois além de juntar muito pó, que não é bom para um bebê, o quartinho fica com muita informação, deixando o ambiente pesado e esse local tem que trazer tranquilidade total ao bebê e aos pais.

A escolha dos móveis é muito importante e é possível escolher móveis que atenderão o bebê até uns cinco anos. O berço deve ser adequado, com grades de segurança, regulagem na altura do colchão e uma dica bem importante é, um berço com grades laterais e não totalmente fechado, pois assim a ventilação é melhor. Uma outra dica para o berço é sim colocar o mosquiteiro, ainda mais nessa onda de mosquitos e pernilongos que transmitem diversas doenças. O trocador é essencial, cuidado na hora de escolher mamãe, ele deve ser medido na altura da sua cintura, assim você terá conforto e praticidade na hora da troca do bebê.

Também escolha um modelo mais comprido que permita você ter um espaço para todos os itens necessários no cuidado do bebê, ou seja, esses itens devem sempre estar perto e de fácil manuseio.

Os modelos de trocadores com gavetas, podem ser usados como cômoda para o quarto do bebê quando ele não usar mais fraldas.

O guarda roupa, recomendo sempre que seja escolhido já pensando no futuro, para que possa ser usado quando o bebê for uma criança maior e seu quartinho redecorado. Escolha um modelo com tamanho ideal para organizar todas as coisas da criança.

Por último, um móvel que na minha opinião é indispensável é a poltrona de amamentação. Ela é fundamental para a mamãe e para o bebê, é o local onde eles passarão longas horas e por isso deve ser uma poltrona muito confortável.

Quando for escolher a poltrona para o quartinho, tenha em mente que ela deve ser confortável na hora de sentar e também ter conforto para segurar o bebê, ah é não se esqueça, que seja confortável para a mamãe sentar e levantar com o bebê no colo.

Bom, essas são algumas dúvidas que aparecem na hora da ansiedade de montar o quartinho do primeiro filho. Espero que minhas dicas ajudem a dar um norte nas escolhas, afinal esse universo é gigante e sugestões é o que não faltam.

Vou deixar aqui algumas ideias para vocês se inspirarem, seja para o quarto de um bebê ou também para quarto de gêmeos (casais ou não).

Este slideshow necessita de JavaScript.

Até a próxima e boa sorte com seus pequeninos!

Babi Sant'Anna

Cenógrafa, Designer de Interiores. Cursando o último ano do Curso de Arquitetura e Urbanismo na Universidade Nove de Julho em São Paulo. Atuante no mercado há quatro anos em decoração, cenografia e projetos.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: