Soluções que toda cacheada precisa saber – Parte 1

Para manter os cachos definidos e hidratados algumas medidas simples podem ser feitas durante o dia a dia

Soluções que toda cacheada precisa saber – Parte 1

Todos os tipos de cabelos requerem cuidados específicos, respeitando sua estrutura e características. Com os cacheados não é diferente. É comum a formação de nós espontâneos, causados ou pela forma como são penteados, ou por tração. Com isso, algumas atitudes simples e fáceis podem garantir cachos definidos, belos e com vida.

O hairstyle e embaixador da iCabelos, Gil Prando, separou dez soluções que toda cacheada deve saber. Confira!

1 – Cuidados durante a lavagem

Use um shampoo especifico para cabelos crespos que contenha agentes desembaraçantes. Estes produtos facilitam a higienização sem agredir o fio, facilitando na hora penteá-los sem tracionar. Lavar os cabelos deve ser uma ação essencial e feita com frequência para mantê-los sempre saudáveis, macios e definidos. O uso de água muito quente pode causar o ressecamento e o enfraquecimento dos fios.

Desta forma, o melhor é optar por deixar a água em temperatura morna e sem reduzir o número de lavagens, impedindo a formação de fungos, caspa e o aumento da oleosidade.

É importante sempre massagear o couro cabeludo, estimulando a circulação sanguínea e seu crescimento.

2 – Condicionador

“Use um condicionador que contenha manteigas (karité, cupuaçu, manga, murumuru e outros), óleos (abacate, avelã, gérmem de trigo e outros) de alta qualidade, já que o produto ajuda também na reestruturação dos fios, além de desembaraçá-los, explica Gil.

3 – Invista em máscara de hidratação

Os cacheados são, por natureza, mais ressecados do que os lisos, pela dificuldade dos lubrificantes naturais do couro cabeludo que não conseguem chegar às pontas.

Este produto normaliza o couro cabeludo, fortalecendo e trazendo alimento à fibra capilar. Procure um produto que contenha vitaminas, pantenol, manteigas, óleos e queratina. “Investir em boas máscaras e banhos de creme é fundamental para este tipo de cabelo”, afirma o embaixador da iCabelos.

Outra dica do profissional para quem quer manter os cachos comportados e brilhantes é investir nos produtos com ação rápida, pois é preciso somente de três a 15 minutos para um efeito satisfatório e, dessa forma, os fios não ficam molhados por muito tempo.

4 – Elimine o secador

Uma das regras para deixar os cacheados muito mais uniformes e belos é evitar o uso diário dos secadores. O ideal, de acordo com o hairstyle, é deixar que sequem naturalmente. Uma dica é passar finalizadores ou leave in para que eles fiquem disciplinados e optar por produtos sem enxágue que contenham silicone, pois eles formam uma cama de proteção e mantém a umidade da hidratação por mais tempo no fio.

“Temperaturas elevadas estimulam a produção de sebo, ocasionando danos à sua estrutura”, conta o profissional. Se não houver escolha, antes de utilizar o secador é necessário aplicar um protetor térmico. Este produto tem ativos que plastificam e fortalecem as cutículas, inibindo a evaporação da água.

Se não for possível abandonar os secadores, o difusor é o mais indicado para esse tipo de fio. É preciso, no entanto, evitar temperaturas muito altas, para não enfraquecer e ressecar os cabelos.

5 – Toalha ou camiseta?

É sempre importante remover bem o excesso de água dos cabelos logo após o término do banho, garantindo que ele não fique muito tempo molhado, marcado ou elástico.

Ao excluir a possibilidade de utilizar o secador, deixando que eles sequem naturalmente e impedindo o contato com altas temperaturas, a maioria das pessoas opta por utilizar toalhas comuns. A dica é tirar o excesso de água com o auxílio de uma camiseta.

 “Os tecidos das camisetas tendem a ser mais macios do que os das toalhas convencionais. Desta forma, eles garantem que a secagem seja feita de maneira mais segura e saudável, além de evitar o surgimento de frizz e do embaraçamento, suavizando os cachos e deixando-os ainda mais definidos”, explica Prando.

Se ainda preferir a toalha, procure não a torcer, ou enrolá-la, apenas pressione-a para remover o excesso de água.

Fonte: Assessoria de imprensa – Conversion

 

Autor

Kennedy Oliveira

É formado em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pelas Faculdades COC (atualmente Estácio). É pós-graduado em Comunicação: linguagens midiáticas, pelo Centro Universitário Barão de Mauá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *