Soluções que toda cacheada precisa saber – Parte 2

Para manter os cachos definidos e hidratados algumas medidas simples podem ser feitas durante o dia a dia

Soluções que toda cacheada precisa saber - Parte 2Todos os tipos de cabelos requerem cuidados específicos, respeitando sua estrutura e características. Com os cacheados não é diferente. É comum a formação de nós espontâneos, causados ou pela forma como são penteados, ou por tração. Com isso, algumas atitudes simples e fáceis podem garantir cachos definidos, belos e com vida.

O hairstyle e embaixador da iCabelos, Gil Prando, separou dez soluções que toda cacheada deve saber. Confira!

6 – A escolha do pente

Os cabelos ondulados e cacheados merecem cuidados especiais, principalmente ao serem penteados. O indicado é que se utilizem pentes de madeira e com dentes espaçados, evitando a eletricidade e fazendo com que eles fiquem mais comportados. “Em alguns casos, a recomendação é que eles não sejam penteados todos os dias para manter os cachos bem definidos”, afirma o embaixador da iCabelos.

Se os seus fios são grossos e volumosos requerem pentes especiais, feitos de plástico, pois eles costumam deslizar melhor entre os fios, e com dentes abertos. Já os cabelos afros costumam ser muito mais delicados, por isso a dica é utilizar os pentes estilo gota, que consegue desembaraçar melhor.

7 – Desembaraçar sem quebrar

Um dos maiores desafios das cacheadas é desembaraçar os cabelos sem que eles se quebrem. A hidratação periódica ajuda, mas é necessário utilizar diariamente os pentes e os dedos para realizar esta tarefa, nunca usando uma escova, que pode quebrar os fios e impedir a formação dos cachos.

Uma dica é pentear os cabelos durante o banho, enquanto eles estiverem envolvidos pelo condicionador. Após a lavagem, tire o excesso da água e realize a tarefa. O ideal é começar a pentear pelas pontas, para depois ir à raiz, pois fica mais fácil e menos agressivo aos fios.

8 – Selando a cutícula

Os cabelos porosos, aqueles que têm um aspecto ressecado, perdem os movimentos, a maleabilidade e o brilho. Muitas vezes, quando eles estão nesta situação, a hidratação não consegue trazer de volta o brilho, vida e leveza, sendo necessário investir em tratamentos mais intensivos.

Quando isto acontece, na maioria dos casos, o problema é que as cutículas dos fios estão abertas e o pH desbalanceado. Neste caso, a solução é realizar uma selagem, tratamento feito com o auxílio de um profissional qualificado, que recupera a estrutura do cabelo e o protege de danos e agressões externas.

9 – Produtos específicos

O mais indicado, segundo o profissional, é investir em produtos que sejam feitos pensando na estrutura dos fios cacheados, ondulados e afros. É essencial que eles tenham alguns princípios ativos naturais, como manteiga de karité, óleo de jojoba, argan ou macadâmia. “Hoje há muitas marcas no mercado que se dedicam às linhas de produtos específicos para as cacheadas”, afirma Prando.

10 – Atenção durante o inverno

A rotina de hidratação e umectação deve ser ainda mais organizada, regrada e intensa. Isto porque os fios devem se manter fortes, recuperando a umidade e restaurando a lubrificação das fibras capilares. “Tudo isso faz com que eles fiquem com brilho e vida”, conta o profissional.

11 – Profissional confiável

Existem técnicas de cortes que ajudam a reduzir o volume e definem melhor os fios cacheados. Por isso, o ideal é cortá-los a cada três meses.

Manter os cabelos sob os cuidados de um profissional competente e que entenda de cachos é uma das principais dicas. “Um cabeleireiro que tenha conhecimentos mais aprofundados sobre a estrutura dos fios e suas peculiaridades consegue cuidar corretamente deles”, explica Prando. Além disso, afirma que o profissional correto saberá utilizar e dar dicas dos melhores produtos e penteados.

Fonte: Assessoria de imprensa – Conversion

Kennedy Oliveira

É formado em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pelas Faculdades COC (atualmente Estácio). É pós-graduado em Comunicação: linguagens midiáticas, pelo Centro Universitário Barão de Mauá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *