Atores e atrizes apresentam espetáculo dentro de curso de iniciação teatral

Em torno de 50 atores e atrizes mirins se apresentaram para um grande público, dentro do Curso de Iniciação Teatral (CIT), em Cravinhos

Elenco do espetáculo teatral “A ver estrelas”
Elenco do espetáculo teatral “A ver estrelas”

O teatro em muitas das vezes não tem o seu merecido valor, para que essa premissa seja colocada em xeque, a ONG SARA conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Cravinhos e as Secretarias de Cultura e Educação para o desenvolvimento do Curso de Iniciação Teatral (CIT), que em 2018 completa 10 anos de existência, e tem o orgulho de atingir a marca de 400 alunos atendidos pelo projeto.

Elenco do espetáculo teatral “Muito Barulho por Nada”, juntamente com o professor Leandro Maurício e a secretária da Cultura, Andréa Gaspar
Elenco do espetáculo teatral “Muito Barulho por Nada”, juntamente com o professor Leandro Maurício e a secretária da Cultura, Andréa Gaspar

A cada semestre acontecem diversas apresentações com as turmas dos períodos da manhã, tarde e noite. E para encerrar mais um ciclo o professor do CIT, Leandro Maurício, produziu e adaptou três peças teatrais, que foram apresentadas para pais, amigos, familiares e público em geral.

“As apresentações são resultado de estudos, jogos e dinâmicas que objetivam principalmente a interação entre os alunos. O mais importante no CIT é levar aos alunos a consciência do que é ser cidadão, o que é respeitar a diversidade e contornar as adversidades cotidianas com criatividade.”, diz o ator e coordenador do Projeto, Leandro Mauricio.

As peças apresentadas pelos jovens atores e atrizes de Cravinhos foram: “Muito barulho por nada” (de William Shakespeare); “A ver estrelas” (de João Falcão) e “Pluft – O Fantasminha” (de Maria Clara Machado). Sendo que todas as peças foram adaptadas, produzidas e dirigidas pelo professor Leandro Maurício.

Elenco do espetáculo “Pluft – O fantasminha”
Elenco do espetáculo “Pluft – O fantasminha”

As apresentações aconteceram em dois momentos, sendo inicialmente apresentada no Memorial Casa Libaneza – Espaço Cultural de Cravinhos e posteriormente no Centro de Lazer da EMEB. “Antonio Joaquim da Silva”. Nos dois momentos um grande público se fez presente, e foi só elogios, uma vez que para a grande maioria era a primeira apresentação em público.

Kennedy Oliveira

É formado em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pelas Faculdades COC (atualmente Estácio). É pós-graduado em Comunicação: linguagens midiáticas, pelo Centro Universitário Barão de Mauá.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: