Moradora de Ribeirão Preto vence concurso literário

Obra conta com participação de diversos autores nacionais. Editora realiza financiamento coletivo para que livro tenha uma versão física.

A estudante de jornalismo e escritora de Ribeirão Preto, Janaina Bernardino, foi uma das vencedoras do concurso literário “Não Pararemos de Lutar” promovido pela Psiu Editora, que reúne contos de diversos autores nacionais.

“Escrever sempre foi algo muito potencializador para mim. Eu parto de um conceito de Conceição Evaristo, ‘escrevivência’ como fonte para transcrever para o mundo a minha identidade e força. E, através de minhas narrativas, reverenciar todas as mulheres negras que escreveram antes de mim”, comenta.

E ainda continua “no colo das Yabás, foi pensando na figura de minha avó materna, Lourdes Ambrosio Rosa. Ela foi uma mulher guerreira, amável e líder de nossa família, uma das figuras pretas e femininas que moldaram a minha trajetória para que eu pudesse ocupar determinados espaços. Sendo assim, o conto é em homenagem a sua memória, sua potência e sabedoria, como também, uma forma de apresentar a ancestralidade como um afeto contínuo que passa de geração para geração, uma fonte de força enquanto, continuidade. Eu sempre quis publicar algo, e não duvidei de que conseguiria, mas não imaginava que meu primeiro livro seria nesse formato, potente, incrível e empoderador. E eu não poderia estar mais feliz, não só por mim, mas pelos os meus que estão sendo representados nessa antologia”, explica.

Estudante Janaina Bernardino, ganhadora do concurso
Foto: Divulgação

De acordo com Flávia Stopa, uma das organizadoras da Antologia, a ideia vem de uma necessidade vivenciada dia a dia por ela, por ser afrodescendente.

“Infelizmente enfrentamos o racismo todos os dias, que nos diminui e nos coloca como coadjuvantes de pessoas brancas. Por isso tivemos a ideia de criar um livro que celebrasse a nossa cultura e nossas conquistas como pessoas pretas”.

Felipe Martins, organizador do projeto ressalta que “no livro ‘Não Pararemos de Lutar’ você encontrará os dias de glória, de muito axé, festas e alegrias, celebrando a cultura, a fé, o gingado, e o amor do povo preto, que lutou e continua lutando por seus direitos”, comenta.

Financiamento coletivo pode receber apoio virtual até 8 de janeiro
Foto: Divulgação

Financiamento Coletivo

Para que haja uma versão impressa do livro “Não Pararemos de Lutar” a Psiu Editora, em parceria com os autores, estão realizando um financiamento coletivo, também conhecido como vaquinha virtual, com valor que começa a partir de R$ 15.

“É necessário evidenciar as narrativas pretas longe desse lugar de história única que ditaram para nós, este projeto é só o gatilho para novos contextos. E, por isso conto com vocês para a realização de um sonho, não só meu, como de um todo. Uma vitória coletiva. #Apoienarrativaspretas”, finaliza Janaina Bernardino.

O financiamento coletivo conta com o apoio da Biblioteca Sinhá Junqueira, que fará uso de seu espaço para um evento em comemoração ao lançamento do livro físico. O movimento pode receber apoios até o dia 08 de janeiro de 2021. Para saber mais sobre acesse o link: www.catarse.me/naopararemosdelutar

Da Redação

A equipe Intertv Web traz para você as informações e notícias precisas que você precisa.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: