Museu da Cana celebra 13ª Primavera de Museus com o projeto “Colhendo Memórias”

Projeto evidencia a história do trabalhador rural do setor sucroenergético e engloba ações educativas em sala de aula e visitas ao Museu

De 23 a 29 de setembro, será celebrado a 13ª Primavera de Museus que traz nesta edição o tema “Museus por dentro, por dentro dos museus”. Assim como em todo o Brasil, na região de Ribeirão Preto diversas instituições se preparam para celebrar. No Museu da Cana, em Pontal, um dos destaques da Semana de Museus é o “Colhendo Memórias”, projeto que evidencia a história do trabalhador rural do setor sucroenergético.

O projeto engloba ações educativas em sala de aula e visitas ao Museu da Cana, onde os alunos do 4º ano do ensino fundamental de escolas públicas de Pontal têm contato mais próximo com a cultura caipira por meio de teatro, música, roda de ciranda e confecção de estandartes.

“Queremos despertar nas crianças o orgulho de pertencer a este rico ambiente rural que determina o modo de ser de nossa região”, explica a proponente e produtora executiva do projeto, Maria do Carmo Silva Esteves.

Museu da Cana fica em Pontal (SP)
Fusion Studio/Alisson Santos

Realizado em parceria entre Comunica Relações Públicas e Museu da Cana, por meio do ProAC ICMS, patrocínio da Biosev, e apoio institucional da Prefeitura de Pontal, o Colhendo Memórias une cultura e educação em um esforço para preservação do patrimônio cultural imaterial acolhido no Engenho Central.

A visita ao Museu da Cana é precedida de ações educativas realizadas pelos professores na sala de aula, usando material didático desenvolvido exclusivamente para o projeto. Nas aulas, as crianças conhecem a história do cultivo da cana-de-açúcar, que passa pelas lavouras de café e vai até o boia-fria e ao novo perfil do trabalhador rural. Também são nas aulas que os alunos têm a oportunidade de saber mais sobre as festas e celebrações, como a da Companhia dos Santos Reis, que se mantêm vivas até hoje no entorno do Engenho Central.

Teatro é uma das atividades do Projeto
Fusion Studio/Alisson Santos

No dia da visita ao Museu da Cana, os alunos são recebidos com um cortejo e têm contato com a cultura caipira em todos os momentos, como no café da manhã ou da tarde, em que podem provar delícias típicas da culinária, como a rapadura. Logo depois, é a vez de assistir um teatro muito divertido cheio de histórias baseadas naquelas vividas pelos antigos moradores do Engenho Central e cantar canções produzidas especialmente para o projeto. A visita é finalizada com a produção dos estandartes e uma roda de ciranda especial.

Mais informações sobre o projeto Colhendo Memórias estão disponíveis no site  www.colhendomemorias.com.br.

Da Redação

A equipe Intertv Web traz para você as informações e notícias precisas que você precisa.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: