Município de Cravinhos começa a ter distribuição de gás natural

Inicialmente projeto foi implantado na área industrial, mas caso tenha viabilidade GasBrasiliano promete estudo para que as residências também disponham desse recurso natural

No início do mês de Junho a GasBrasiliano iniciou a distribuição de gás natural em Cravinhos (SP). O investimento para a expansão da rede no trecho de 13,5 km, partindo de Ribeirão Preto (SP), foi de aproximadamente R$ 6 milhões.

O diretor técnico-comercial da GasBrasiliano, José Waldir Ferrari, explica que amplo estudo foi realizado antes da expansão do gasoduto RibeirãoPreto-Cravinhos
O diretor técnico-comercial da GasBrasiliano, José Waldir Ferrari, explica que amplo estudo foi realizado antes da expansão do gasoduto RibeirãoPreto-Cravinhos

O gás natural proporciona inúmeras vantagens tanto para o consumidor final como para toda a sociedade. É um combustível que propicia mobilidade urbana, pois a distribuição através de tubulações em forma de rede de distribuição reduz o tráfego de caminhões de combustível de rodovias, ruas e avenidas, além de eliminar espaços de armazenagem junto às instalações dos clientes, aumentando a segurança, eliminando perdas e facilitando a operação.

“Outra vantagem é a preservação do meio ambiente já que, em razão do seu baixo nível de carbono, durante a queima há baixa emissão de poluentes. Além disso, os produtos resultantes de sua combustão são isentos de enxofre e partículas, como a fumaça e a fuligem. Por isso falamos que é fonte limpa e segura de energia, com abastecimento contínuo, mantendo suas características físico-químicas sempre constantes, garantindo maior produtividade e eficiência”, explica o diretor técnico-comercial da GasBrasiliano, José Waldir Ferrari.

Empresa Ourofino Saúde Animal foi a primeira a aderir ao gás natural na cidade
Empresa Ourofino Saúde Animal foi a primeira a aderir ao gás natural na cidade

Localizado às margens da Rodovia Anhanguera, Cravinhos é um município que está se despontando como polo industrial em diversos segmentos, e o primeiro cliente a ter sua ligação efetivada foi a empresa Ourofino Saúde Animal, indústria veterinária localizada no Distrito Industrial da cidade, e que conta com um complexo com mais de 180 mil m².

“O motivo principal de a empresa ter optado pelo gás natural foi o custo do combustível para a geração de vapor, pois considerando o perfil de consumo e os preços unitários do combustível utilizado anteriormente e do gás natural, a redução de custo será de 20%. Mas também levamos em consideração outros benefícios, como por exemplo, a redução das emissões atmosféricas de NOx, SOx, materiais particulados e carbono; mais segurança, uma vez que não exige operações de descarregamento de combustível de caminhões para tanques e é um gás mais leve que o ar – em caso de vazamentos, o gás natural não se acumula, reduzindo riscos; além de mais confiabilidade logística e disponibilidade, pois independe de estoques internos sujeitos a falhas de entrega”, comenta o engenheiro e gerente de manutenção da Ourofino, Ciro Molina.

Já existem outras indústrias do município dos segmentos de tecnologia para o agronegócio, metal-mecânico, siderúrgica e química que também podem ser beneficiadas com o gás natural canalizado.

O investimento para a expansão da rede no trecho de 13,5 km, partindo de Ribeirão Preto foi de aproximadamente R$ 6 milhões
O investimento para a expansão da rede no trecho de 13,5 km, partindo de Ribeirão Preto foi de aproximadamente R$ 6 milhões

O gás natural é um combustível versátil e que pode substituir com eficiência qualquer outra fonte de energia. O projeto de atendimento ao município de Cravinhos é mais um dos projetos da GasBrasiliano e visa atender o polo industrial do município, que cresceu em diversos segmentos nos últimos anos”, diz Ferrari.

O gás natural também pode abastecer residências e comércios para aquecimento de água, cocção, e muitas outras aplicações, como climatização de ambientes e geração de energia elétrica. Apresenta muitas vantagens no uso veicular, onde é conhecido como GNV (Gás Natural Veicular), o combustível mais econômico para utilização em automóveis, táxis, veículos de carga e transporte, frotas de empresas e ônibus urbanos e interurbanos.

Kennedy Oliveira

É formado em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pelas Faculdades COC (atualmente Estácio). É pós-graduado em Comunicação: linguagens midiáticas, pelo Centro Universitário Barão de Mauá.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: