Cravinhos realiza o 6º Fórum Municipal de Educação

As palestras focaram no desenvolvimento de atividades dentro das salas de aulas, como estimular os estudantes para o real aprendizado e como a tecnologia pode auxiliar na qualidade de ensino.

Na sexta-feira (22/11) aconteceu no Centro de Lazer da EMEB. “Antônio Joaquim da Silva”, o VI Fórum Municipal da Educação, que reuniu autoridades municipais e todos os docentes da rede municipal de ensino. As palestras focaram no desenvolvimento de atividades dentro das salas de aulas, como estimular os estudantes para o real aprendizado e como a tecnologia pode auxiliar na qualidade de ensino.

“Estamos sempre focados para a capacitação de nossos professores, para que eles também sejam ouvidos, e em conjunto possamos a cada dia valorizar e melhorar a qualidade de ensino em nossa cidade. Em breve também haverá uma reunião para o debate sobre o calendário escolar de 2020 e sua unificação, e queremos tomar a melhor decisão em parceria com toda a nossa equipe de Educação”, diz a secretária de Educação de Cravinhos, Margarete Stella Moraes.

Palestras encantaram a todos os presentes
Foto: Kennedy Oliveira

O evento teve a sua abertura com a palestra do historiador cravinhense, Sebastião Silvestre, que explanou um pouco sobre seus três livros lançados sobre histórias de Cravinhos, e também explicou porque contesta a fundação de Cravinhos por Luís Pereira Barreto, mas sim pela família ‘Bomfim’.

Historiador cravinhense, Sebastião Silvestre
Foto: Kennedy Oliveira

Em seguida a palestra teve muita interação com o Mestre em Ciência pela USP, Ton Ferreira, que representando a empresa “Faz Educação”, abordou diversos temas, inclusive como simples objetos podem ser associados a tecnologia, e assim possibilita que os professores desenvolvam diversas atividades em sala de aula.

“Quero agradecer a acolhida de todos de Cravinhos e ressaltar que a valorização do professor precisa acontecer em qualquer momento da vida. Foi um dia de evento com muito aprendizado, atualizações e trocas de experiências para profissionais da área educacional”, diz o palestrante Ton Ferreira.

Mestre em Ciência pela USP, Ton Ferreira
Foto: Kennedy Oliveira

O evento ainda contou com a palestra do professor Dr. José Meciano Filho, mais conhecido como Nino Paixão. E ele proporcionou uma palestra com muita diversão a cada um dos professores que ali estavam. Demostrou que é possível proporcionar aulas de qualidade com recursos encontrados dentro da sala de aula.

“Sabemos como são os alunos precisam ter a atenção chamada por alguma coisa para que assim se concentrem na sala de aula e aprendam. Por isso é importante saber com que os professores montem os grupos certos para as atividade, e saibam abordar a todos com suas matérias”, revela o professor Nino Paixão.

Palestra do professor Dr. José Meciano Filho (Nino Paixão)
Foto: Kennedy Oliveira

E o Fórum Municipal da Educação se encerrou com a palestrante Vanessa Leite, a qual realizou diversas dinâmicas com os professores, e mostrou que a tecnologia também é muito útil dentro da sala de aula.

Palestrante Vanessa Leite
Foto: Kennedy Oliveira

E todos os presentes ainda contaram com um delicioso almoço feito pelas merendeiras municipais, bem como a apresentação do Sexteto Brass Band e os estudantes do projeto de Iniciação Musical. Além da acolhida de todos os presentes terem sido feita pelas brinquedistas da Brinquedoteca Municipal “Zé Cabeleira”.

Vale salientar que através da empresa “Faz Educação” foi possível realizar o sorteio de diversos brindes entre os participantes.

Professores, diretores e coordenadores das creches e escolas municipais de Cravinhos se fizeram presentes
Foto: Kennedy Oliveira

Homenagem aos professores

Durante o evento os alunos integrantes do “Projeto Cantar”, promovido em parceria entre a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo e o Coral Minaz, realizaram a execução do “Hino ao professor”, que teve composição do saudoso maestro Irineu Santacatharina, que foi representado pelo seu filho.

“Quero agradecer ao prefeito José Carlos, a secretária da Cultura, Andréa e todos envolvidos que contribuíram para que essa composição, que estava guardada em casa pudesse ser musicalizada e se tornasse oficialmente o Hino do Professor em nossa cidade”, comenta Irineu Santacatharina Filho.

As escolas municipais e professores receberam o “Hino do Professor” gravado em CD para que pudessem guardar de recordação.

Apresentação do Projeto Cantar
Foto: Kennedy Oliveira

Kennedy Oliveira

É formado em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pelas Faculdades COC (atualmente Estácio). É pós-graduado em Comunicação: linguagens midiáticas, pelo Centro Universitário Barão de Mauá.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: