1º Ribeirão Bike & Beer na Walfänger

Das terras altas para o bom fim regado a chopp Walfänger

Ultimamente não tenho pedalado mais tanto como antigamente. Que melhor forma de voltar para esse mundo com tudo do que acordar cedo num domingo e pedalar 30km por um misto de estrada de chão e asfalto? Eu não estava sozinho, foram mais de 70 pessoas dispostas a fazer o mesmo. Algumas um pouco mais bem preparadas, outras como eu.

Como o evento não tem intenção competitiva, apenas recreativa, é uma outra vibe. O pessoal ia chegando e recebia a pulseira de identificação do evento, que dava direito a frutas, água (inclusive em dois pontos durante o percurso) e um chopp Walfänger ao final. Tinha também uma opção de open bar até às 15h para os mais sedentos.

Às 9h, como programado, o grupo deu início a pedalada. Acostumado com a Ciclo Faixa, vi logo no início que a coisa seria um pouco diferente. Foi bem diferente, na verdade. Mas foi muito bom. O clima agradável, com o ar condicionado pelo vento que soprava bem nesse dia deu uma boa refrescada.

O que acho interessante desse tipo de evento é que no meio do percurso você vai fazendo amizades. Como estão todos na mesma situação, o assunto vem fácil e empatia é instantânea. Se fura um pneu, ou se alguém precisa água, comida, sempre tem alguém disposto a ajudar.

Vinícola Terras Altas

No meio do caminho passamos pela Vinícola Terras Altas, a primeira vinícola de Ribeirão Preto, que deve começar a engarrafar daqui uns 2 anos. O nome do lugar realmente faz sentido, porque foi preciso pedalar em muita subida para chegar lá. A vista é incrível.

Um dos pontos de descanso, água e frutas

Dali pra frente teve apenas uma subida bem íngrime, mas depois foi praticamente descida até o ponto de partida, na Walfänger, com um chopp bem gelado me esperando. Devido aos exercícios e suor, tive que beber bastante água e comer umas frutas antes, mas de qualquer forma o chopp desceu muito bem.

E lembre-se: beba com moderação.

Emir Freiberger

Formado em comunicação social com habilitação em jornalismo. Pós graduado em artes visuais, trabalha entre o mundo das artes e programação de sites e programas web.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: