Bloco Saratimbancos abre o Carnaval de Cravinhos

Em torno de 4 mil pessoas participam de abertura oficial do Carnaval de Cravinhos com o Bloco Saratimbancos.

O Bloco de Carnaval “Saratimbancos” foi idealizado pela ONG SARA e no domingo (16/02) abriu oficialmente o Carnaval de Cravinhos. Com um público de aproximadamente 4 mil pessoas, que se reuniram na Praça do Jardim Independência (Pedregal), o bloco pôde dar o Grito de Carnaval.

“Só temos que agradecer a todos que participaram desse maravilhoso evento, e nos auxiliaram a fazê-lo, entre eles a equipe da ONG SARA, a Prefeitura Municipal, as Secretarias Municipais de Saúde, Cultura e Turismo, Polícias Civil e Militar, Ministério Público, a Oficina de Música Saratuquê, aos professores e monitores da instituição e a toda família cravinhense, que acredita e sonha com os antigos carnavais”, diz um dos idealizadores do projeto e coordenador da ONG SARA, Leandro Maurício.

Foto: Kennedy Oliveira

O nome do bloco é uma articulação de várias vertentes artísticas com maior ênfase à circense, em que se utilizaram o nome da obra (Saltimbancos) de Chico Buarque. O projeto pretende resgatar os tradicionais bailes carnavalescos, e a cada ano tem proporcionado surpresas a quem comparece ao evento.

“A ideia principal do Bloco é resgatar a memória dos antigos carnavais, um clima bem família e saudosista, além também de mostrar para a juventude a importância desse ritmo tão brasileiro”, conta Leandro Maurício.

Ainda segundo Maurício, o evento continuará sempre tocando somente marchinhas, frevos e samba-enredo.

Foto: Kennedy Oliveira

Vale salientar que por mais um ano o evento contou com a participação do Trio Elétrico Balança Brasil, que conduziu os foliões, juntamente com os músicos da Banda “Sopro Brasileiro” e a Oficina de Percussão Saratuquê, sob o comando de Andréa Mille, pela Avenida Salvador Pagano.

Fantasias se destacam

O evento ainda contou com um concurso de fantasia realizado pela Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, o qual teve como objetivo incentivar as pessoas a prepararem e criarem suas fantasias pra esta festa popular, podendo assim resgatar os antigos hábitos no Carnaval.

“A cada ano mais pessoas tem se fantasiado para ‘brincar’ no bloco, e nesse ano decidimos por dar um troféu para os destaques da folia. E a parceria com o Bloco Saratimbancos foi importante pela tradição que já tem”, ressalta a secretária de Cultura e Turismo de Cravinhos, Andréa Gaspar.

Foto: Kennedy Oliveira

Houve a escolha de 3 destaques em cada categoria: infantil, adulto e grupo. Os jurados foram Elisabete Boldrin, Claudinei Cabral e Joseli Taioque que observaram cada participante, em passarela montada na praça.

“Escolhemos os destaques em cada categoria, mas o importante é incentivar para que a cada ano mais pessoas se fantasiem e participem do Carnaval. A equipe da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo quer parabenizar cada um, que a seu modo, foi fantasiado e alegrou ainda mais a abertura do nosso Carnaval”, afirma Andréa Gaspar.

Casal criativo – Hors Concours (Fora do Concurso)

Há seis anos o casal Silvio e Eliana Roncolato participam do “Bloco Saratimbancos” e se destacam pela criatividade nas fantasias. Já se vestiram de Peter Pan e Sininho, Batman e Robin, Flinstones, Faroeste, Drácula e noiva cadáver, Zorro e nesse ano fizeram questão de relembrar um desenho animado conhecido por todos, Frajola e Piu-piu. “Eles são grandes incentivadores para que crianças, adultos e idosos possam se fantasiar e com materiais simples. O importante é a criatividade, por isso mesmo eles sempre se destacam no Bloco Saratimbancos proporcionando muita alegria e boas lembranças. São Hors Concours (Fora do Concurso), mas nesse ano fizemos questão de dar um troféu de reconhecimento por todo o incentivo que vem realizando a cada Carnaval”, diz a secretária de Cultura e Turismo.

Foto: Kennedy Oliveira

No ano de 2020 o casal recebeu o troféu de destaque no quesito categoria grupos.

Kennedy Oliveira

É formado em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pelas Faculdades COC (atualmente Estácio). É pós-graduado em Comunicação: linguagens midiáticas, pelo Centro Universitário Barão de Mauá.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: