Cravinhos recebe Oficina e Teatro de sapateado

Evento será gratuito e aberto para toda população, sendo que acontece nessa sexta-feira (23/06), a partir das 15h, na escola municipal “João Nogueira”

Na sexta-feira (23/06), o município de Cravinhos recebe o espetáculo “Em Tempo”, da Cia. Pé na Tábua de Sapateado. Além da apresentação, interessados em aprender mais sobre o sapateado poderão participar de uma Oficina com a Cia. A programação faz parte de uma rota de sete cidades da região com investimentos do PROAC (Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo)

Em Tempo é um trabalho contemporâneo que propõe borrar fronteiras entre dança, música e teatro. O espetáculo pretende remontar a linguagem do sapateado, atravessando bordas temporais e estilos musicais. A pesquisa nasceu da performance duo-experimental “O Tempo Canta”, em que voz e sapateado dialogavam no tempo e espaço. A Cia. Pé na Tábua tem como maior objetivo a difusão do sapateado feito no Brasil, através de uma linguagem contemporânea, pretende atingir não apenas sapateadores, mas qualquer pessoa que esteja interessada nas artes cênicas.

Cravinhos recebe Oficina e Teatro de sapateado

“Durante a circulação de outros espetáculos da Cia. em cidades pequenas, notamos a grande quantidade de pessoas que nunca haviam visto sapateado”, conta a diretora da Pé Na Tábua, Renata Defina. Já tendo participado de festivais nos EUA e Europa, a sapateadora explica a importância do apoio do PROAC para a realização da circulação do espetáculo. “Pouquíssimas Cias. de Sapateado circulam devido às necessidades técnicas que essa dança exige. Através deste edital teremos condições de promover a difusão do sapateado”, afirma.

O espetáculo Em Tempo começa às 17h na Escola Municipal João Nogueira. Já a Oficina de sapateado terá início às 15h. O endereço é Av. Dona Rita Cândida Nogueira, 16. Todas as atividades são gratuitas.

Kennedy Oliveira

É formado em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pelas Faculdades COC (atualmente Estácio). É pós-graduado em Comunicação: linguagens midiáticas, pelo Centro Universitário Barão de Mauá.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: