Jogos Regionais dos Idosos reúne 61 municípios em Bebedouro

A abertura oficial dos Jogos Regionais dos Idosos aconteceu na quinta-feira (21/09), na cidade de Bebedouro e contou com a participação de 2100 atletas

Os Jogos Regionais dos Idosos (JORI) estão sendo realizados, nesse ano de 2017, na cidade de Bebedouro, onde aconteceu a cerimônia de abertura na quinta-feira (21/09), momento que diversas autoridades se reuniram, entre elas a presidente do Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo e primeira-dama, Lu Alckmin.

Cerimônia de abertura dos Jogos Regionais dos Idosos de 2017
Cerimônia de abertura dos Jogos Regionais dos Idosos de 2017

Ao todo são 61 municípios participando do evento, e eles disputam 14 modalidades (dominó, truco, damas, xadrez, malha, bocha, coreografia, natação, atletismo, tênis, vôlei, buraco, dança de salão e tênis de mesa), dos dias 21 a 24 de Setembro. O objetivo é promover a reintegração das pessoas da Terceira Idade ao meio social, além de sensibilizar e conscientizar a sociedade sobre esta iniciativa.

“O país está envelhecendo, mas para viver mais e melhor, precisamos de ações como o JORI que promovem a saúde e bem-estar dos idosos. Eles já deram a sua contribuição para a sociedade, agora precisamos retribuir fazendo a nossa parte”, comenta Lu Alckmin.

Apresentação da Coreografia de Cravinhos baseada no Cirque du Soleil
Apresentação da Coreografia de Cravinhos baseada no Cirque du Soleil

Para a inclusão nos Jogos, até o ano de 1997 a idade mínima era de 55 anos, mas a partir do ano de 1998 a idade mínima foi elevada para 60 anos. Os jogos passaram a realizar-se em algumas regiões paulistas, evoluíram e tornaram-se classificatórios para JEI – Jogos Estaduais do Idoso, que atualmente intitulada como JAI – Jogos Abertos do Idoso.

Coreografia de Cravinhos se destaca

Logo após a cerimônia de abertura aconteceu a realização da primeira competição do torneio, trata-se da modalidade Coreografia, em que 36 cidades participaram. O município de Cravinhos a cada ano tem evoluído e se destacado nesse segmento, e em 2017 a primeira-dama, Andréa Gaspar, que também é a coreógrafa do grupo, ensaiou a coreografia baseado no Cirque du Soleil, uma iniciativa ousada, já que os 12 idosos tiveram que fazer diversos movimentos, assim demonstrando todo o preparo e ensaio realizado.

“Foi um trabalho de dois meses com essa equipe de coreografia. E estamos nos preparando para ficar entre os primeiros colocados, a cada ano temos evoluído e em 2017 conquistamos a 4ª colocação, e só não estamos entre os três premiados por pequenos detalhes e uma divergência no regulamento da competição”, comenta Andréa Gaspar.

Ainda segundo Gaspar, por tudo que aconteceu e o preparo que foi feito era sim para Cravinhos ter ficado em 3º lugar e por poucos décimos não ter sido vice-campeão.

No final a coreografia teve como campeão a equipe de Matão, em 2º lugar ficou Sertãozinho, em 3º lugar Araraquara e em 4º lugar a cidade de Cravinhos.

Autor

Kennedy Oliveira

É formado em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pelas Faculdades COC (atualmente Estácio). É pós-graduado em Comunicação: linguagens midiáticas, pelo Centro Universitário Barão de Mauá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *