O real e as emoções em uma exposição reflexiva

A exposição reúne cerca de 30 esculturas produzidas com diversos materiais em base de espelho sobre moldura

O artista plástico Zeppa Tudisco assina uma Mostra chamada “Visão Reflexiva” e que está em exposição no Setor Terra Vermelha no RibeirãoShopping. O local reúne esculturas que provocam uma reflexão sobre temas do cotidiano. E a ideia para o projeto foi depois da queda das “Torres Gêmeas” (atentado terrorista que matou milhares nos EUA, no dia 11 de Setembro de 2001), quando o artista imaginou que queria colocar um espelho do tamanho das torres e um crucifixo cortado no meio, porque dessa maneira representaria tudo que motivou aquele incidente.

“Pensei em colocar um espelho de 40 metros na frente das Torres Gêmeas e um crucifixo cortado e colado ao meio, o que representaria tudo aquilo que motivou o incidente. Teríamos a questão religiosa e o crucifixo também simbolizaria o avião entrando em uma parede de espelho. Mas era algo impossível de se fazer, e depois de sair da agência de criação que eu era o fundador, decidi por realizar algumas ideias que eu tinha”, comenta o artista plástico Zeppa Tudisco.

A exposição reúne cerca de 30 esculturas produzidas com diversos materiais em base de espelho sobre moldura. Entre os materiais utilizados estão o plástico, ferro, vidro, papel, dobraduras, penas, madeira, entre outros. Algumas obras foram produzidas com esculturas impressas em 3D.

“Nas obras, o espelho simboliza nossa estrutura pessoal e recebe aquilo que se pode tocar, representado por uma parte de um elemento, um objeto ou um não objeto. Já a parte refletida, representa o sentimento, a ambição, o amor, a frustração, o limite, a criatividade e tudo aquilo que é intocável, mas não deixa de ser profundo e reflexivo. Juntando as duas partes, temos o todo, e com isso um exercício de reflexão em uma época na qual a reflexão passou a ser rara ou até mesmo inexistente”, explica Zeppa.

A interatividade também marca presença na exposição. Em uma das obras, o visitante encaixa o rosto para fazer uma foto com bigode e chapéu. O resultado, além de divertido, pode ser compartilhado nas redes sociais. A mostra também exibe vídeos das obras e produção com módulos direcionados a adultos, profissionais e crianças, que provocam um mergulho para dentro da própria criatividade, sem medo de se expor ou se arriscar.

A exposição é gratuita e poderá ser visitada até o dia 15 de Outubro, sempre de 2ª a sábado das 10h às 22h, e aos Domingos e feriados das 14h às 20h.

Crianças participarão de Oficina

Além da exposição, o projeto oferece oficinas para crianças com o tema “Refletir, perceber e acreditar na criatividade”, através de superfícies reflexivas e barquinhos de papel. Com inscrições gratuitas no local, as oficinas acontecem nos dias 30 de setembro, 7 e 14 de outubro, às 16h e às 17h15.

Veja algumas imagens da exposição clicadas por Lu Souza:

Autor

Kennedy Oliveira

É formado em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pelas Faculdades COC (atualmente Estácio). É pós-graduado em Comunicação: linguagens midiáticas, pelo Centro Universitário Barão de Mauá.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: