Sesc Ribeirão apresenta o show de Luedji Luna

Cantora e compositora baiana apresenta o seu primeiro disco “Um Corpo no Mundo” durante evento de comemoração ao aniversário de Ribeirão Preto

O Sesc Ribeirão apresenta na quinta-feira (14/06), às 20h30, o show do disco “Um Corpo No Mundo”, primeiro trabalho da cantora e compositora baiana Luedji Luna.

O disco, predominantemente autoral, conta com 11 faixas, inéditas e já conhecidas do público, que falam sobre pertencimento e descobrimento de uma intimidade criada a partir do contato com os imigrantes africanos e haitianos no Brasil. O disco nasce desse encontro e é inspirado nas diferentes Áfricas.

“Um Corpo no Mundo” tem produção de Sebastian Notini, músico sueco radicado na Bahia, e também produtor dos dois últimos discos de Tiganá Santana e o mais recente trabalho da baiana Virgínia Rodrigues. É ele quem também assina a direção musical do show que chega a Ribeirão Preto pela primeira vez.

O álbum e o trabalho de Luedji Luna são marcados por esses encontros culturais. Participam do disco Kato Change, guitarrista queniano que já tocou com nomes como Aloe Black, Salif Keita e Sean Kuti, e conheceu a cantora na Bahia, e o violonista François Muleka, filho de imigrantes congoleses. O baixo elétrico e acústico do cubano Aniel Somellian, radicado em São Paulo, e a percussão do baiano Rudson Daniel, completam o time de músicos.

Os arranjos do trabalho, pensados coletivamente, carregam a marca e a identidade cultural de cada instrumentista, resultando numa sonoridade sem fronteiras, um disco, um corpo do mundo.

Sesc Ribeirão apresenta o show de Luedji Luna

No show, Luedji Luna apresenta uma África resinificada, um não-lugar. O corpo no mundo que dá título ao disco pretende discutir a questão da identidade e o olhar da cantora sobre si mesma, a partir dos seus contatos, mesmo que dispersos, com os imigrantes africanos em São Paulo e na Bahia.

O projeto fala da ideia do não pertencimento, do corpo que ocupa o espaço, mas não se identifica com ele e da necessidade da conexão com a ancestralidade. A sonoridade do show remete à travessia, o deslocamento, e foi a partir dessa noção que os arranjos musicais foram pensados. Uma dissolução fluída de diversas sonoridades que conectam as diferentes Áfricas.

Os ingressos para o show já estão sendo vendidos diretamente na Bilheteria do Sesc de Ribeirão Preto (Rua Tibiriçá, 50, Centro), e custam entre R$ 5,00 e R$ 17,00.

Autor

Da Redação

A equipe Intertv Web traz para você as informações e notícias precisas que você precisa.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: