Teatro de Sapateado se apresenta e encanta estudantes

Evento aconteceu com a presença de diversos estudantes da rede municipal de ensino de Cravinhos, e também contou com Oficina de Sapateado

Na sexta-feira (23/06), o município de Cravinhos recebeu o espetáculo “Em Tempo”, da Cia. Pé na Tábua de Sapateado. O evento foi realizado na quadra poliesportiva da EMEB. “João Nogueira” e atraiu um grande público, além dos estudantes da instituição. Além do espetáculo, os dançarinos promoveram uma Oficina de Sapateado aos interessados.

Apresentação reuniu um grande público em Cravinhos
Apresentação reuniu um grande público em Cravinhos

“Essa parceria entre a Cia. Pé na Tábua, Governo do Estado de São Paulo e a Secretaria Municipal da Cultura de Cravinhos proporcionou que pudéssemos oferecer esse espetáculo ao grande público de nossa cidade. Quero agradecer a cada um dos integrantes e parabeniza-los pelo excelente trabalho que realizaram”, comenta a secretária da Cultura de Cravinhos, Andréa Gaspar.

Integrantes da Cia. Pé na Tábua deram um grande espetáculo
Integrantes da Cia. Pé na Tábua deram um grande espetáculo

Em Tempo é um trabalho contemporâneo que propõe borrar fronteiras entre dança, música e teatro. O espetáculo pretende remontar a linguagem do sapateado, atravessando bordas temporais e estilos musicais. A pesquisa nasceu da performance duo-experimental “O Tempo Canta”, em que voz e sapateado dialogavam no tempo e espaço. A Cia. Pé na Tábua tem como maior objetivo a difusão do sapateado feito no Brasil, através de uma linguagem contemporânea, pretende atingir não apenas sapateadores, mas qualquer pessoa que esteja interessada nas artes cênicas.

Oficina de Sapateado foi oferecida antes do espetáculo
Oficina de Sapateado foi oferecida antes do espetáculo

“Durante a circulação de outros espetáculos da Cia. em cidades pequenas, notamos a grande quantidade de pessoas que nunca haviam visto sapateado”, conta a diretora da Pé na Tábua, Renata Defina.

Já tendo participado de festivais nos EUA e Europa, a sapateadora explica a importância do apoio do PROAC para a realização da circulação do espetáculo. “Pouquíssimas Cias. de Sapateado circulam devido às necessidades técnicas que essa dança exige. Através deste edital temos condições de promover a difusão do sapateado”, afirma.

A programação faz parte de uma rota de sete cidades da região com investimentos do PROAC (Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo).

Kennedy Oliveira

É formado em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pelas Faculdades COC (atualmente Estácio). É pós-graduado em Comunicação: linguagens midiáticas, pelo Centro Universitário Barão de Mauá.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: