Universal realiza evento para ajudar a comunidade

Na ocasião foram feitos atendimentos gratuitos de corte de cabelo, pintura facial, manicure e pedicure. Além de distribuição de bolo, pipoca, suco, doces, cachorro quente, entre outros

Agentes do SAMU realizaram palestra de primeiros socorros para os presentes ao evento

A Igreja Universal do Reino de Deus, em Cravinhos, realiza o projeto “UniSocial – A Igreja Universal ajudando as pessoas”. E foi isso que aconteceu no domingo (09/04), nas dependências da escola municipal “Antonio Joaquim da Silva”, em que a comunidade pôde comparecer até o local e se beneficiar de diversos segmentos, bem como aproveitas palestras, brincadeiras e muitas guloseimas.

Diversos atendimentos gratuitos foram realizados, entre eles cabeleireiro, manicure, pedicure e pintura facial

“Esse evento não está acontecendo somente na cidade de Cravinhos hoje [domingo], mas sim em todos os lugares do mundo que tem uma Igreja Universal. É um trabalho global que pretende oferecer um caminho para as pessoas, bem como ajudar nos mais diversificados segmentos”, comenta o líder do Grupo Agente da Comunidade de Cravinhos, Marcos Soares.

Na ocasião foram feitos atendimentos gratuitos de corte de cabelo, pintura facial, manicure e pedicure. Além de distribuição de bolo, pipoca, suco, doces, cachorro quente, entre outros.

Equipe de integrantes do Grupo Agente da Comunidade de Cravinhos

“Isso foi possível graças a ajuda de todos os envolvidos no projeto, bem como a Prefeitura de Cravinhos e as Secretarias Municipais da Educação e Saúde que foram grandes parceiras nesse evento. Sem esquecer do pessoal do SAMU, que deu uma palestra a todos os presentes”, diz Marcão Soares.

O evento ainda contou com a distribuição de exemplares da Folha Universal e também do livro “A dana da Fé”, da autora Ester Bezerra.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Kennedy Oliveira

É formado em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pelas Faculdades COC (atualmente Estácio). É pós-graduado em Comunicação: linguagens midiáticas, pelo Centro Universitário Barão de Mauá.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: