Cravinhos participa de combate ao abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes

A proposta do dia “18 de Maio” é destacar a data para mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar do combate ao abuso sexual.

O Brasil celebrou no dia 18 de maio o “Dia Nacional de Combate ao abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes”. Esse dia foi escolhido, porque em 18 de maio de 1973, na cidade de Vitória (ES), um crime bárbaro chocou todo o país e ficou conhecido como o “Caso Araceli”. Esse era o nome de uma menina de apenas oito anos de idade, que teve todos os seus direitos humanos violados, foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta daquela cidade. O crime, apesar de sua natureza hedionda, até hoje está impune.

A proposta do dia “18 de Maio” é destacar a data para mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar do combate ao abuso sexual de crianças e adolescentes. É preciso garantir a todos jovens o direito ao desenvolvimento de sua sexualidade de forma segura e protegida, livres do abuso e da exploração sexual.

Foto: Kennedy Oliveira

Por isso mesmo o município de Cravinhos se mobilizou para alertar a todos sobre o combate ao abuso sexual de crianças e adolescentes. Devido a Pandemia algumas atividades que são realizadas anualmente, não puderam ser feitas, entre elas a passeata nas principais ruas e avenidas da cidade.

“Nos anos anteriores fazíamos uma passeata que percorria as avenidas e ruas de nossa cidade, entretanto nesse ano decidimos por realizar palestras por videoconferência, também abordar e falar sobre o tema nas Unidades Básicas de Saúde e no Drive Thru da vacinação, além de pontos estratégicos de nossa cidade”, explica o secretário municipal de Assistência Social e vice-prefeito de Cravinhos, Márcio Barroso.

Para que a mobilização tivesse um grande efeito e atingisse o maior número de pessoas possíveis foram realizadas parcerias com as Secretarias Municipais de Educação, Esporte, Saúde, Assistência Social e Cultura e Turismo. Além do Fundo Social de Solidariedade, Conselho Tutelar e Conselho Municipal da Criança e Adolescente (CMDCA).

“A parceria entre todos possibilita com que possamos tratar o tema de forma mais ampla, e assim prevenir e ajudar nossas crianças e adolescentes contra o abuso sexual. Caso presenciei alguma coisa de errado contra os jovens denuncie 100 é grátis e a pessoa terá o anonimato preservado”, diz o prefeito de Cravinhos, Itamar Bueno.

A finalização do mês de combate ao abuso sexual em crianças e adolescentes teve um “pedágio” em todos os semáforos da cidade, assim foi entregue um folheto informativo sobre a data, bem como também uma máscara para ser usada no dia-a-dia durante a Pandemia de Coronavírus.

Kennedy Oliveira

É formado em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pelas Faculdades COC (atualmente Estácio). É pós-graduado em Comunicação: linguagens midiáticas, pelo Centro Universitário Barão de Mauá.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: