Cravinhos realiza o 1º Festival de Pipas

Festival acontece no domingo (28/07), sendo que as pipas, papagaios e raias concorrentes deverão, obrigatoriamente, ser ‘empinadas’ (voar).

A Secretaria Municipal de Cultura, com o apoio da Prefeitura de Cravinhos, realiza no domingo (28/07), a partir das 9h, na Rua Luís Roncolato (Jardim Botânico), o 1º Festival de Pipas, Papagaios e Raias, com o objetivo de valorizar as tradições culturais.

“Poderão participar do Festival de Pipas, Papagaios e Raias todos os que tiverem interesse no mesmo e cientes de seu regulamento. Queremos estimular que todos possam participar do evento de forma consciente e saudável”, comenta a secretária municipal de Cultura, Andréa Gaspar.

As pipas, papagaios e raias serão analisados por um júri de convidados, nas seguintes modalidades: a) O participante de menor idade; b) O participante com maior idade; c) A maior pipa, papagaio ou raia; d) A menor pipa, papagaio ou raia; e e) A mais criativa pipa, papagaio ou raia.

Foto: Divulgação

As pipas, papagaios e raias concorrentes deverão ser ‘empinadas’ (voar), obrigatoriamente. É vedada a inscrição em mais de uma modalidade com a mesma pipa, papagaio ou raia.

As pipas, papagaios e raias deverão ser confeccionados tradicionalmente, ou seja, em papel, plástico, linha de algodão e bambu, sendo proibido o uso de fio de nylon, fita de vídeo ou gravador, fio de metal, papel laminado, material cortante e cerol.

“Serão desclassificados aqueles que utilizarem algum desses materiais não permitidos, bem como, aqueles que laçarem (cortar) a pipa, papagaio ou raia de outro concorrente. Teremos uma equipe para fiscalizar, bem como pediremos o apoio da Polícia Militar para que todos possam se divertir tranquilamente e participar desse primeiro Festival”, diz a secretária municipal da Cultura.

O evento tem as inscrições gratuitas e as mesmas deverão ser feitas no local.

Kennedy Oliveira

É formado em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pelas Faculdades COC (atualmente Estácio). É pós-graduado em Comunicação: linguagens midiáticas, pelo Centro Universitário Barão de Mauá.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: