Falece o jornalista Francisco Cavalcanti (Xiko do Jornal)

Francisco Cavalcanti sempre esteve ligado no jornalismo da cidade de Cravinhos e região. Participativo na área política, foi um dos fundadores do PSDB de Cravinhos.

Acaba de chegar em nossa redação a notícia do falecimento do jornalista e radialista cravinhense, Francisco José Cavalcanti da Silva, o popular Xiko do Jornal. Casado com Maria Helena Cavalcanti e pai de Lilian, Kátia e Leandro. E que há mais de 40 anos contou a história de Cravinhos e região.

Em meados de 1971 era fundado no município cravinhense o “Jornal de Cravinhos”, de propriedade da Sra. Helvetia V.M. Pessoa, esposa do conceituado Dr. Amir Pessoa, que vinha suprir a necessidade de informação de seus munícipes. Enfrentando diversas dificuldades, o jornal passou por vários proprietários, e depois de 20 anos de funcionamento foi fechado.

Francisco Cavalcanti que trabalhava no Banco Bradesco, ficou à frente do Jornal de Cravinhos por cinco anos, e acabou “pegando” o gosto pelo jornalismo, mas por razões diversas vendeu o jornal.

Foto: Divulgação

Percebendo a lacuna que havia ficado na divulgação de notícias e informações do município, em 1984 Francisco Cavalcanti abriu o seu próprio jornal, que começaria a chamar “A Tribuna Regional”, assim não se restringindo somente a divulgar notícias locais, mas também de toda a região.

A persistência e dedicação fez com que o jornal semanário chegasse até os dias atuais forte e sempre retratando as histórias do município de Cravinhos e também de nossa região.

O Xiko do Jornal também esteve à frente do Serviço de Alto Falantes de Cravinhos, fundou e comandou as Rádios Tribuna e Canal Livre, promoveu diversos concursos culturais, entre eles Gatinhas & Gatões e Festival de Música Popular. Além de ser um grande conhecedor e participante das decisões políticas da cidade, inclusive fundando o partido PSDB no município cravinhense.

Ficam aqui os nossos sentimentos aos familiares e amigos desse grande jornalista, que com certeza já foi recebido de braços abertos por Deus, e estará para sempre marcado na história de Cravinhos.

Kennedy Oliveira

É formado em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pelas Faculdades COC (atualmente Estácio). É pós-graduado em Comunicação: linguagens midiáticas, pelo Centro Universitário Barão de Mauá.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: