Professora da UFSCar é premiada pelo governo dos Estados Unidos

Na reunião de planejamento da SEaD, em dezembro, Denise compartilhou o conhecimento adquirido durante suas atividades no exterior

professora-da-ufscar-e-premiada-pelo-governo-dos-estados-unidos

A professora Denise Martins de Abreu e Lima, da Secretaria Geral de Educação a Distância (SEaD) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), foi indicada pela Embaixada Americana para participar da seleção para o Programa Dintinguished Humphrey Leadership Award, uma iniciativa do Department of State no programa de bolsas de estudo Hubert H. Humphrey, do governo dos Estados Unidos.

Ela foi escolhida, junto a outros nove selecionados em nível global em diferentes áreas, a participar de um programa de formação continuada em liderança em Harvard. O recebimento do prêmio Humphrey aconteceu nos Estados Unidos, de 16 de setembro a 4 de outubro de 2016, e incluiu uma semana de formação continuada na Harvard University’s Kennedy School of Government (Escola de Governo da Universidade de Harvard), seguida de visitas focadas, reuniões e acompanhamento de atividades de profissionais e instituições dos setores público e privado relacionadas à área de atuação da professora no Brasil.

Na reunião de planejamento da SEaD, realizada nos dias 20 e 21 de dezembro, Denise pôde compartilhar com a equipe da Secretaria as orientações e estratégias para exercer liderança em políticas públicas, aprendidas no curso realizado em Harvard, denominado “Liderança no século XXI: Caos, Conflito e Coragem”.

Denise é docente da UFSCar desde 1994. Uma das fundadoras do curso de Letras da Universidade, foi chefe de departamento e coordenadora da área de Língua Inglesa. Considerando a importância do diálogo entre universidade e comunidade, foi responsável por seis edições do evento Construir Pontes, projeto de extensão que buscava unir as pesquisas desenvolvidas nas áreas de Língua Inglesa e Linguística aplicada com a prática e experiência dos professores em serviço da escola pública. Como docente, e devido à sua formação em tutoria virtual pela Harvard University Graduate School of Education, foi uma das primeiras professoras a acrescentar em suas disciplinas a mediação por ambientes virtuais de aprendizagem, aprimorando a formação e proficiência linguística dos acadêmicos do curso de Letras, experiência que a levou a implementar o Programa Universidade Aberta do Brasil (UAB) na UFSCar, sendo coordenadora de 2006 a 2013. Ainda no campo da Educação a Distância, Denise foi eleita por dois mandatos consecutivos como presidente do Fórum de Coordenadores UAB junto à Capes.

Devido à sua experiência em ensino-aprendizagem de línguas, educação a distância e gestão institucional, foi eleita por seus pares como presidente do Programa Idiomas sem Fronteiras (IsF), tendo sido convidada para atuar como assessora da Secretaria de Educação Superior (SESu) do MEC por sua atuação frente ao Programa IsF.

Atualmente vem se destacando pela articulação de uma política linguística para o País como base estruturante da internacionalização, pela valorização da carreira do professor de línguas estrangeiras e pela inclusão e ampliação das ações do Português como língua estrangeira no âmbito da internacionalização, em uma parceria entre SESu, Capes e Inep, com o exame Celpe-bras.

Fonte: Coordenadoria de Comunicação Social – Universidade Federal de São Carlos

 

Kennedy Oliveira

É formado em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pelas Faculdades COC (atualmente Estácio). É pós-graduado em Comunicação: linguagens midiáticas, pelo Centro Universitário Barão de Mauá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *