Reeducandos do sistema semiaberto pintam escolas estaduais na região de Ribeirão Preto

Projeto Via Rápida Expresso oferece curso de pintura a 1.225 reeducandos que aprendem como fazer na prática, em 48 escolas da Rede Estadual

Projeto Via Rápida Expresso oferece curso de pintura a 1.225 reeducandos que início do ano letivo de 2017. A tarefa é realizada por 1.225 reeducandos que cumprem hoje o regime semiaberto e foram selecionados para receber qualificação profissional por meio do Programa Via Rápido Expresso, que oferece aulas práticas em equipamentos públicos.A ação é uma parceria entre Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado (SDECTI), a Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) e Secretaria de Estado da Educação (SEE). Na primeira etapa serão contemplados 36 municípios paulistas, desde a capital até o extremo oeste do Estado. Na região de Ribeirão Preto, duas escolas participam do programa.

Os cursos possuem dois módulos, divididos em 25/horas de aulas teóricas e 75/horas de práticas. Os municípios foram escolhidos de acordo com a demanda de reeducandos na região. Na rede estadual, sempre nos meses que antecedem a volta às aulas, a Secretaria da Educação organiza aulas práticas de manutenção e limpeza nos prédios. A previsão é que elas terminem antes do retorno dos alunos. No ano passado, foram pintadas 42 escolas estaduais em todo o Estado. O sucesso da iniciativa garantiu a sua ampliação em 2017. Para o semestre desse ano, há previsão de novas pinturas em mais 48 unidades escolares.

As escolas contempladas na região de Ribeirão Preto foram E.E. Coronel José Aleixo da Silva Passos e E.E. Professor Plínio Berardo, ambas de Jardinópolis.

Sobre o Via Rápida Expresso      

O Via Rápida Expresso é uma modalidade do Programa Via Rápida coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado (SDECTI) que tem como objetivo oferecer cursos de curta duração, na área da construção civil (pintores), para presos do regime de semiliberdade e trabalhadores desempregados. Em 2016, a iniciativa ofereceu 10.000 vagas para o Via Rápido Expresso e outras 10.000 vagas para o Via Rápida Econômico. A Pasta também conta com o Via Rápida Emprego, que já qualificou profissionalmente mais de 230 mil pessoas em todo Estado.

Fonte:  Assessoria de Comunicação e Imprensa da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo

Kennedy Oliveira

É formado em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pelas Faculdades COC (atualmente Estácio). É pós-graduado em Comunicação: linguagens midiáticas, pelo Centro Universitário Barão de Mauá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *