Férias, cerveja e piscina

Sol, verão, piscina, bronzeador, protetor, boné. Mesmo com todos esses itens, a lista do dia de lazer só fica completa se acrescentarmos cerveja e petiscos. 

Para isso, uma cerveja leve e refrescante é o ideal. E ainda bem que opções de estilos e marcas não faltam. São muitas as variedades de estilos que posso indicar. Dessa vez, minha primeira escolha foi a St. Bernardus Wit. Ela é responsável por inspirar a Hoegaarden e a Célis White (as melhores no estilo witbier no mercado). Uma cerveja extremante aromática, equilibrada e refermentada na garrafa. Possui um belo aroma cítrico, bem cara de beira de piscina, e 5,5% de teor alcoólico. Para acompanhar, fiz uma pequena tábua de frios com salame temperado, queijo brie e azeitonas verdes com suco de limão.

Sobre o custo-benefício das opções de rótulos desse estilo: witbier é muito fácil de encontrar, desde gôndolas de supermercados a empórios de seleção variada. Encontramos boas marcas nacionais e importadas. Essa, especificamente, custou R$ 17,90 em uma promoção, mas o valor dela varia de R$ 20,00 a R$ 24,00. É a média de preços de cervejas nesse estilo. A Hoegaarden não deixa nada a desejar e tem um custo-benefício mais em conta. R$ 8,00, em média. Para escolher sua marca queridinha, sugiro comprar várias marcas do mesmo estilo, beber no mesmo dia e, assim, definir sua preferida. A St. Bernardus Wit está entre minhas preferidas do coração. Uma legítima witbier belga!

Com esse estilo você pode até fazer um drink bem cara de piscina. Acrescente uma fatia de limão siciliano, uma laranja espremida, gelo e umas folhinhas de hortelão ou alecrim. D-E-L-I-C-I-A! Já pode pegar o chapéu e o filtro solar e correr pro lazer!

Segunda escolha: Schofferhofer Grapefruit.  Valeu pelo conhecimento e treinamento horas-copo, mas, no meu ponto de vista, não vale o topo de um pedestal. É uma cerveja de trigo com 50% de suco de laranja na composição. Alemã (que claramente foge da lei da pureza), é uma cerveja divertida, onde o sabor lembra muito um suco de tangerina ou um refrigerante de laranja, porém muito menos gaseificado ou doce. A retenção de espuma dela é muito baixa, assim como a carbonatação.  Refrescante, mas com um drinkability* menor. Graduação alcoólica de apenas 2,5% (menos que uma Pilsen). Barata: R$ 10,00 a lata de 500ml. Não tentei um drink com ela, mas certamente cairia bem.

Foram duas cervejas de trigo com características bem refrescantes, sendo uma Belga e uma Alemã, e petiscos simples caíram muito bem no calor.  Quais são suas escolhas para relaxar na piscina?

Se quiser acompanhar com uma salada, peixe, frutos do mar ou ceviche, pode também!

Boas férias, bons drinks e boas cervejas. Saúde! 

Karina Hauch

Publicitária e beer sommelière. Apaixonada por cerveja, fábricas e mundo cervejeiro. Adora conhecer novos rótulos e experiências gastronômicas. Sonha viajar o mundo em busca de cervejarias e acumular experiências em horas-copo.

Um comentário em “Férias, cerveja e piscina

  • 22 de janeiro de 2019 em 10:21
    Permalink

    Adorei as dicas das cervejas agora para o verao!
    Estou indo para o litoral e nao podia deixar de levar na mala essa excelente opção que é a witbier. Obrigada pelas dicas!!!

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: