Equipes de Meio Ambiente e Garagem Municipal de Cravinhos passam por treinamento

A abordagem foi um curso prático de estiagem (combate de incêndio em áreas vegetais).

Na sexta-feira (25/05) aconteceu na Estação Ecológica de Ribeirão Preto o treinamento de capacitação da equipe da Brigada de Incêndio, ministrado pela Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil do Estado de São Paulo em conjunto com o Corpo de Bombeiros. A abordagem foi um curso prático de estiagem (combate de incêndio em áreas vegetais).

A Secretaria de Meio Ambiente de Cravinhos, através da divisão da Brigada de Incêndio Municipal, participou do treinamento prático relacionados à prevenção de queimadas. O treinamento possibilitou a capacitação dos agentes municipais: Vanderson Carniel (secretário de Meio Ambiente e Política Agrícola de Cravinhos); Tiago Pereira (chefe da Garagem Municipal) e os servidores públicos municipais Emerson Paulosso e Jeferson Sertório.

Foto: Divulgação

O curso presencial começou abordando ensinamentos relacionados à prevenção de queimadas, principalmente na época de estiagem, período marcado pela falta de chuvas e baixa umidade relativa do ar, que contribuem para o aumento de focos de incêndios.

“Esse treinamento de capacitação é super importante para o combate a incêndio em vegetação, além de dar o suporte necessário ao público afetado caso haja algum incidente e, principalmente, promover integração dos órgãos envolvidos neste tipo de ocorrência”, comenta o secretário de Meio Ambiente e Políticas Agrícolas de Cravinhos, Vanderson Carniel.

Para a participação no curso foram seguidas todas as normas sanitárias exigidas durante a Pandemia de Covid-19.

Vale salientar que a população de Cravinhos dispõe desse pronto-atendimento contra o início de incêndios ou queimadas, através dos telefones (16) 3951-2446 ou 3951-9900 (ramal 257) ou 9.9766-5764.

Kennedy Oliveira

É formado em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pelas Faculdades COC (atualmente Estácio). É pós-graduado em Comunicação: linguagens midiáticas, pelo Centro Universitário Barão de Mauá.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: