Por que Porto Alegre e região alagaram?

Em um Brasil tão grande conseguimos ver que as mudanças climáticas afetam diferentemente as regiões.

A capital do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, está sendo um dos municípios mais afetados pelas enchentes e alagamentos. Para se locomoverem em algumas regiões, os moradores estão utilizando barcos, botes, boias e motos aquáticas. Na manhã de segunda-feira (6), o nível da água subiu para 5,33 metros, superando o recorde histórico de 4,76 metros, em 1941.

Mas por que ocorre esse alagamento? Conforme especialistas, a região de Porto Alegre, que está próxima da Bacia do Guaíba, é justamente onde ocorre a junção de três rios: Taquari, Jacuí e Caí. Assim, após dias de chuvas intensas, a vazão do Guaíba subiu de 2 mil para 25 mil metros cúbicos por segundo, não tendo tempo hábil para escoamento. O volume grande de água, faz o nível subir muito rápido. 

Em um Brasil tão grande conseguimos ver que as mudanças climáticas afetam diferentemente as regiões. Enquanto o interior do Estado de São vive uma intensa onda de calor, o RS sofre com as forte chuvas. 

Infelizmente, as enchentes provocadas pelas fortes chuvas no já deixaram pelo menos 107 mortos, segundo boletim da Defesa Civil divulgado no fim da tarde do dia 08.

As autoridades ainda contabilizam 339 feridos e 134 desaparecidos. Entre os sobreviventes, mais de 201 mil pessoas estão fora de casa, sendo 153.824 desalojados e 47.676 em abrigos públicos.

Vanderson Carniel

Biólogo, Pós-graduado em Gestão Ambiental pela UFSCar. Ex-secretário Municipal de Meio Ambiente e Política Agrícola. Atualmente, é vereador na Câmara Municipal de Cravinhos, Legislatura 21/24.

Deixe uma resposta