Händel, Hallelujah

Georg Friedrich Händel desde cedo mostrou notável talento musical, aos onze anos já era um mestre no órgão, violino, cravo e outros instrumentos e começara a compor.

Seu pai ainda tentou que ele fosse advogado, porém Händel conseguiu receber um treinamento qualificado na arte da música.

A primeira parte de sua carreira foi passada em Hamburgo, em 1703, como violinista e maestro da orquestra da ópera local. Depois dirigiu-se para a Itália, passando por Roma, Nápoles e Veneza, onde conheceu a fama pela primeira vez. Estreando várias obras como compositor de música sacra, de câmara, de oratórios e de ópera.

Fixou-se definitivamente em Londres, no ano de 1713, e ali desenvolveu a parte mais importante de sua carreira, como autor de óperas, oratórios e música instrumental. Quando adquiriu cidadania britânica adotou o nome George Frideric Handel. Seu patrão mais tarde se tornou rei da Grã-Bretanha como Jorge I, para quem continuou compondo.

Tinha grande facilidade para compor, como prova sua vasta produção, que compreende mais de 600 obras, muitas delas de grandes proporções, entre elas dezenas de óperas e oratórios em vários movimentos. Hoje ele é considerado um dos grandes mestres do Barroco musical europeu.

Página manuscrita do Messiah

Trecho da ópera Messiah:

“Every valley shall be exalted, and every mountain and hill made low; the crooked straight and the rough places plain.”

“(Todo o vale será exaltado, e toda a montanha e colina serão rebaixadas; o torto será endireitado, e a aspereza aplainada)”

Um dos trechos mais conhecidos é a Hallelujah

Händel x J. S. Bach

Händel e Bach costumam ser comparados e confundidos, pois ambos se parecem em seu gigantismo, música e até personalidade. Foram contemporâneos e tiveram na fé luterana a motivação para sua música religiosa e ambos reconstruíram em maiores dimensões a polifonia vocal. Essas semelhanças talvez justifiquem a comparação, mas Händel e J. S. Bach foram personalidades muito diferentes. Enquanto o segundo ficou restrito a um ambiente provinciano, Händel foi homem da grande sociedade de Londres.

Emir Freiberger

Formado em comunicação social com habilitação em jornalismo. Pós graduado em artes visuais, trabalha entre o mundo das artes e programação de sites e programas web.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: