Árvore caída

Olho a árvore caída,

com galhos retorcidos

aparentemente sem vida.

Vejo as folhas arrancadas

e pelo chão espalhadas.

Choro ao pensar

que fui eu que causei

todo esse mal

e com o machado dei o golpe fatal.

_ . _

Do Livro: “Entre Poemas” – Pág. 12 – Irene Coimbra

Foto: Divulgação

Irene Coimbra

É professora, escritora, poeta, produtora e apresentadora do Programa “Ponto & Vírgula” na TV MAIS RIBEIRÃO. Fundadora da Revista Ponto & Vírgula em Ribeirão Preto.  Editora e Promotora de Eventos Literários.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: