É a rima que me anima!

Escrever poemas sem rimas

ele pra mim sugeriu,

à princípio, eu confesso,

que a ideia me atraiu.

Mas depois, pensando bem,

da  ideia desisti,

pois é o uso da rima,

que pra escrever me anima.

Quando estou escrevendo

e com palavras rimando,

de um certo modo parece,

que com elas estou brincando.

Às vezes, as quero ricas,

outras vezes, muito pobres,

e assim, dessa maneira,

eu passo tardes inteiras.

Irene Coimbra

É professora, escritora, poeta, produtora e apresentadora do Programa “Ponto & Vírgula” na TV MAIS RIBEIRÃO. Fundadora da Revista Ponto & Vírgula em Ribeirão Preto.  Editora e Promotora de Eventos Literários.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: