A goteira que pinga

A goteira que pinga

em cima de uma latinha,

me faz relembrar

quando eu era pequenininha…

Quando chovia

meu irmão mais velho costumava

colocar várias latinhas

em volta da casa inteira

embaixo das goteiras…

Ele dizia que gostava de dormir

ouvindo o barulho das goteiras

sobre as latinhas a cair…

pim… pim… pim… pim…

Engraçado como certos fatos

nos marcam profundamente

e, mesmo que a gente queira,

jamais saem de nossa mente…

Desse me lembrei agora

ouvindo o barulho da chuva

caindo lá fora…

Irene Coimbra

É professora, escritora, poeta, produtora e apresentadora do Programa “Ponto & Vírgula” na TV MAIS RIBEIRÃO. Fundadora da Revista Ponto & Vírgula em Ribeirão Preto.  Editora e Promotora de Eventos Literários.

Um comentário em “A goteira que pinga

  • 16 de abril de 2018 em 00:24
    Permalink

    Cara Irene . Seu poema, lembra a minha infância querida. Que delícia era sentir o cheiro da telha molhada, terra,parabéns poeta.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: