O amor nasceu na praia!

Já estava anoitecendo quando ele chegou,

tomou-me pela mão e assim me falou:

“Vamos para a praia?

À noite é gostoso andar na areia ouvindo o barulho das ondas quebrando na beira!”

Tão carinhosa me soou sua voz,

que não resisti pra ficar com ele a sós.

Naquele instante seu convite aceitei,

e com ele, alegremente, pela praia eu andei.

E depois de longa caminhada nos sentamos na areia,

pra escutar as ondas que se quebravam na beira.

Ele então me olhou com olhar tão apaixonado,

e, com os olhos me disse que queria ser beijado.

Ali mesmo na praia a ele me entreguei,

e, apaixonadamente, loucamente o amei.

e enquanto seus fortes braços me mantinham abraçada,

em meu ouvido sussurrava que sempre me desejara.

E desde aquele dia, estamos juntos assim.

Meu amor pra ele é tudo, e o dele tudo pra mim.

Autor

Irene Coimbra

É professora, escritora, poeta, produtora e apresentadora do Programa “Ponto & Vírgula” na TV MAIS RIBEIRÃO. Fundadora da Revista Ponto & Vírgula em Ribeirão Preto.  Editora e Promotora de Eventos Literários.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: