Poema para Aline

Quando olho pra você

minha querida menina,

tudo que a vejo fazer,

na verdade me fascina!

 

Seu jeitinho responsável

e seu modo de falar,

é uma coisa invejável

e difícil de encontrar.

 

Sua inteligência brilhante,

seu olhar inquiridor,

seu jeitinho esvoaçante

me lembram um beija-flor!

 

E quando você irritada,

por não ser compreendida,

apronta uma confusão

brigando com seu irmão,

você me faz meditar

no seu jeito de amar.

 

Quando você olha pra mim,

reclamando atenção,

fico pensando comigo:

“Eu mereço esse sermão”

 

Você, minha querida menina,

muitas vezes me ensina

e com suas perguntas inteligentes

revoluciona minha mente.

 

Por isso aqui estou

a dedicar-lhe esse poema

e pra dizer-lhe também

que ter você valeu a pena!

                        _ . _

Do Livro: “Simplesmente Poemas” – Pág. 100 – Irene Coimbra

Foto: Divulgação

Irene Coimbra

É professora, escritora, poeta, produtora e apresentadora do Programa “Ponto & Vírgula” na TV MAIS RIBEIRÃO. Fundadora da Revista Ponto & Vírgula em Ribeirão Preto.  Editora e Promotora de Eventos Literários.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: