O cravinhense Fernando Franco é ordenado Padre

Antes de ingressar na vida vocacional, Fernando Franco trabalhou, estudou e serviu com muito amor e carinho a sua comunidade mãe, a Paróquia Santa Luzia, como acólito e também membro do grupo de jovens

A Arquidiocese de Ribeirão Preto promoveu neste sábado (18/03), na Paróquia Santa Luzia em Cravinhos, a Ordenação Presbiteral do diácono cravinhense Fernando Venturin Franco. O evento reuniu bispos, padres de diversas dioceses, diáconos e aproximadamente 4 mil católicos, que puderam participar da celebração da missa.

Momento da entrada do diácono Fernando Franco com sua mãe Maria Aparecida e seu irmão.

Até concretizar esta trajetória existe um longo caminho a ser traçado, como foi o caso do cravinhense Fernando Venturin Franco, 28 anos, filho do casal Maria Aparecida Venturin Franco e Luiz Garcia Franco (in memorian). Com o lema presbiteral “Fala Senhor, que teu servo escuta” (1Sm 3,10) o então diácono transitório foi ordenado padre pelo Arcebispo de Ribeirão Preto, Dom Moacir Silva.

“A minha vida sempre foi traçada por caminhos inesperados. Desde criança já participava das missas da Comunidade Santa Luzia, antes pertencente à Paróquia São José. Após a minha infância, início da adolescência e caminhada eclesial, começou o coração bater com um sentimento diferente, foi quando procurei o padre José Humberto Motta [Pe. Beto] para conversarmos e ele me indicou os encontros vocacionais pela nossa Arquidiocese de Ribeirão Preto. Enfim, essa decisão não foi somente minha, mas antes Deus a colocou em meu coração e foi semeando para que no momento oportuno ela aflorasse em meu coração e eu assumisse o seguimento a Jesus Cristo e sua Igreja”, comenta agora o Padre Fernando Franco.

Antes de ingressar na vida vocacional, Fernando Franco trabalhou, estudou e serviu com muito amor e carinho a sua comunidade mãe, a Paróquia Santa Luzia, como acólito e também membro do grupo de jovens.

Bispos, padres e diáconos durante a cerimônia

No ano de 2008, ingressou no Seminário Propedêutico Bom Pastor, na cidade de Jardinópolis (SP), onde permaneceu até o final do mesmo. Após esse tempo de preparação e adaptação, iniciou sua vida acadêmica cursando as faculdades de Filosofia 2009/2011 e Teologia 2012/2015, ambas no (CEARP – Centro de Estudos da Arquidiocese de Ribeirão Preto), e no mesmo ano de 2009 passou a morar no Seminário Maior Maria Imaculada na cidade de Brodowski (SP).

Fernando Franco teve como lema presbiteral: “Fala Senhor, que teu servo escuta” (1Sm 3,10)

“Neste tempo de sete anos, dividia a minha vida acadêmica com a minha vida pastoral.  Nos finais de semana realizava o que chamamos de ‘estágio pastoral’ aprendendo e partilhando a vida, e, além do mais, aprendendo com cada comunidade onde realizava meus trabalhos. Realizei o ‘diaconado transitório’; ele é para todos os homens que estão a caminho do sacerdócio. Após estes seis meses, me preparei para ser consagrado definitivamente ao Senhor e ao serviço da sua Igreja”, revela padre Fernando.

Prostrado, em sinal de despojamento e humildade

A primeira Missa do agora Padre Fernando Franco acontece nesse domingo (19/03), às 19h, na Paróquia Santa Luzia, em Cravinhos. E, por determinação do Arcebispo Dom Moacir Silva, Fernando Franco assumirá a Paróquia Nossa Senhora Aparecida, no município de Sertãozinho.

Paróquia Santa Luzia, em Cravinhos, esteve completamente lotada para a Ordenação de Fernando Franco

Kennedy Oliveira

É formado em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pelas Faculdades COC (atualmente Estácio). É pós-graduado em Comunicação: linguagens midiáticas, pelo Centro Universitário Barão de Mauá.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: