Diabetes fora de controle pode agravar sintomas da Covid-19

A manutenção do índice glicêmico no patamar adequado reduz as complicações da infecção do novo coronavírus e demais doenças.

Os portadores de diabetes podem ter o quadro agravado em caso de contaminação do Covid-19 nas situações de descontrole do índice glicêmico.

De acordo com Felipe Lellis Valeri, médico endocrinologista do Grupo São Francisco, que faz parte do Sistema Hapvida, as pessoas com diabetes não têm maior risco de infecção, mas podem ter maior gravidade no quadro provocado pela Covid-19.

“As pessoas com diabetes vulneráveis e que, provavelmente, terão resultados piores se contraírem o novo coronavírus são aquelas com longa história de diabetes, mau controle metabólico, presença de complicações e doenças concomitantes. Os idosos com mais de 60 anos são os mais expostos independentemente do tipo de diabetes. No entanto, o risco de complicações em quem tem diabetes bem controlado é menor, tanto para o diabetes tipo 1 quanto para o tipo 2”, diz Valeri.

O médico endocrinologista Felipe Lellis Valeri afirma que pacientes com diabetes tem maior risco de infecção pelo Coronavírus
Foto: Divulgação

O médico afirma que o quadro de diabetes não interfere no diagnóstico de infecção por Covid-19, mas que em caso de contaminação do novo coronavírus, o paciente precisará ajustar as medicações e doses de insulina conforme o quadro para manter o índice glicêmico equilibrado.

“Até o momento, não há evidências de que o tratamento da Covid-19 será diferente para uma pessoa com diabetes. Se há suspeita, as medidas indicadas são repouso, ingestão de líquidos, cuidados com a boa alimentação, uso de analgésicos e antitérmicos para aliviar os sintomas, monitorar frequentemente a glicemia e ajustar as medicações e doses de insulinas se necessário e sob supervisão médica”, ressalta.

Foto: Divulgação

O endocrinologista orienta que a principal preocupação em relação aos portadores de diabetes é o monitoramento e controle do índice glicêmico, que podem prevenir as complicações envolvendo o quadro de Covid-19 e outras doenças que possam surgir.

“O risco de complicações pelo Covid-19 é muito menor e quase igual ao das pessoas sem diabetes se os níveis de açúcar no sangue estiverem controlados. Dessa forma, monitorar frequentemente sua glicemia e ajustar medicações em geral ou insulinas, sempre com orientação médica, são procedimentos que podem prevenir complicações não apenas desta nova virose como também do próprio diabetes”, afirma Valeri.

Da Redação

A equipe Intertv Web traz para você as informações e notícias precisas que você precisa.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: