Doações fazem a diferença para a APAE Batatais

Diversas iniciativas da comunidade contribuem para a manutenção dos serviços oferecidos

imagem_release_798711

A APAE Batatais recebe diariamente doações vindas dos quatro cantos da cidade e região. São iniciativas variadas com um único objetivo: ajudar quem precisa. Nesta semana, por exemplo, a entidade foi beneficiada com três ações que certamente farão a diferença na vida das milhares de pessoas atendidas pelos serviços da instituição.

A primeira doação chegou pelas mãos dos integrantes do Caypiras do Asfalto Moto Clube Batatais. Foi repassado para a APAE um cheque no valor de R$ 3.700,00 arrecadados durante o 4º Motorcycle, realizado no mês de outubro.

Também motivados pela solidariedade, os alunos do Ensino Fundamental I da Escola SESI doaram para a entidade várias caixas com leite, produtos de higiene e limpeza arrecadados durante uma gincana.

Por fim, a APAE foi agraciada pelas doações de um aniversário solidário. A iniciativa foi do Rafael Cesário Corrêa, pai de Isabela, que é atendida pela área da saúde da APAE e completou um ano recentemente.

Segundo a diretora técnica da APAE Batatais, Carmen Cestari, as doações são de extrema importância para a manutenção dos atendimentos oferecidos nas áreas de saúde, educação e assistência social. Além disso, ela destaca: doar é um ato de amor. “Estamos vivendo dias de muita alegria. As doações só aumentam e isso nos faz acreditar que doar é contagioso. São pessoas movidas por fazer o bem. Parecem ações simples, mas não são. Os benefícios são inimagináveis. Milhares de pessoas são contempladas. Sem contar o sentimento de felicidade que toma conta do coração de quem doa. Não existe recompensa maior”, ressalta Carminha.

Doações em dinheiro, aniversários solidários, gincanas e voluntariado são apenas algumas das inúmeras formas de ajudar a APAE Batatais. Entre em contato com a entidade pelo telefone (16) 3661-6000 e apresente sua ideia.

Fonte: Outras Palavras Comunicação Empresarial

 

Autor

Kennedy Oliveira

É formado em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pelas Faculdades COC (atualmente Estácio). É pós-graduado em Comunicação: linguagens midiáticas, pelo Centro Universitário Barão de Mauá.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: