Ilha da Madeira

Hoje faremos uma viagem a um dos mais belos arquipélagos do Atlântico: A ilha Portuguesa da Madeira um destino ideal para quem aprecia a natureza.

A ilha faz parte do Arquipélago da Madeira, situada a 500km de distância da Costa Africana (quase na mesma altitude de Casablanca – Marrocos) e a 860km de Lisboa. Um voo desde Lisboa até a ilha demora apenas 1h30. O relevo do local é extremamente acidentado, com picos que atingem 1860m de altitude. Um destino turístico que atrai milhares de pessoas durante o ano todo e também navios de cruzeiros que desde o porto podem avistar a cidade de Funchal.

Funchal, a capital da Ilha da Madeira, foi a primeira cidade que os portugueses fundaram fora do Continente Europeu, cidade principal onde se encontra o centro histórico.

Pra quem busca experiências únicas, turismo de aventura e estar em contato com a natureza em seu estado mais puro, Madeira é um dos meus destinos favoritos, um lugar tranquilo, harmonioso. Aos amantes do mar também existe a possibilidade de desfrutar da pesca esportiva, excursões para ver golfinhos e baleias.

E para os amantes da natureza que simplesmente apreciam as belas paisagens naturais, de vegetação contrastante e colorida a ilha hospeda uma variedade de parques e jardins com inúmeras plantas exóticas de mil cores procedente de todos os continentes.

Oferecendo vistas espetaculares desde suas encostas como a Câmara de Lobos conhecida por Cabo Girão, onde se encontra um dos picos mais altos da Europa, Eira do Serrado podemos ver um pequeno vilarejo chamado Curral das Freiras lugar quase inacessível.

Outros pontos turísticos de interesse são o Centro Histórico (igrejas, museus, palácios), Jardim Botânico e Mercado dos Lavradores. A cidade aloja muitos eventos, como a festa de fim de ano com diversas comemorações, quando as ruas se iluminam com motivos florais e espetáculo pirotécnico. Outro evento muito importante é a Festa das Flores da Madeira, as ruas se transformam em carpetes florais e o colorido toma conta do Funchal.

Mulher vestida para o Festival das Flores

Com belas vistas para o mar e seus impressionantes precipícios, Madeira é um paraíso cheio de sol e um belo colírio aos olhos. Outro motivo pelo qual a ilha é tão visitada é o clima privilegiado com temperaturas ideais durante o ano todo (25ºC no verão e 17ºC no inverno). Um clima que não é tão caloroso como em outras partes da Europa graças a brisa do Atlântico.

Madeira não é um destino muito de praia, quer dizer as praias não são um dos atrativos principais, a única praia de areia branca é artificial, as praias verdadeiras são de areia vulcânica onde muitas são de pedras, sem contar com as piscinas naturais.

O turismo na ilha sempre atraiu o público da terceira idade, mas tem sido redescoberta pelos mais jovens que, para além da diversão noturna, gostam de apreciar as belas paisagens e a população calorosa. Embora grande parte do crescimento econômico da ilha deveu-se ao turismo, a parte norte ainda permanece essencialmente rural com produções de bananas, cana-de-açúcar e produção de vinho. Já na parte sul é onde ficam os melhores hotéis, resorts, restaurantes, museus, lojas de artesanatos com bordados e tapeçaria típica da ilha.

Outro passeio imperdível é percorrer o céu do Funchal através de um teleférico até o bairro Monte e logo descer por um “transporte” feito de uma estrutura de vime, com um banco para duas pessoas bem forrado e almofadado, ligado a cordas por dois homens trajados de branco e com chapéu de palha, utilizando as próprias botas, com grossas solas de borracha, como travão que lhe dão um empurrão e ele desce, “como uma bala”, a uma velocidade de 48 km.

Chega a ser um verdadeiro mistério como os carreiros manobram esses cestos, tão depressa e tão afastados dele, nunca perdendo o domínio do carro e conseguindo acelerar ou afrouxar à vontade através de um percurso de 2 km. O trajeto dos carros de cestos do Monte continuam a ser conduzidos como antigamente, segundo a tradição os carros de cestos existem desde os anos 1840.

Em 1850 foi criada a associação os carreiros do Monte e atualmente é necessário ter pessoal altamente habilitado para a condução em segurança. Uma experiência inesquecível!

Madeira foi descoberta por dois jovens navegadores João Gonçalves Zarco e Tristão Vaz Teixeira, em conjunto com Bartolomeu Perestrelo, em 1419. Por uma iniciativa de D. João I ou do Infante D. Henrique a fim de reunir os melhores cartógrafos e navegadores de Portugal no começo do século XV, para acrescentar conhecimentos a Costa Ocidental Africana.

Preparados apenas com um barco a vela, um relógio de areia e uma bússola os primeiros capitães de barcos não tinham muita vantagem para realizar um descobrimento. Mas diante das aventuras da historia marítima portuguesa, a sorte trouxe muito mais riqueza que a ciência e a lógica. Antes da chegada dos colonos portugueses no século XV, a ilha era inabitada. Atualmente a população da ilha é de aproximadamente 250 mil habitantes, a maioria de nacionalidade portuguesa. O Funchal conta com cerca de metade dos habitantes da ilha (112 mil habitantes).

Mais de metade da população concentra-se em apenas 7% da área da ilha, em especial na costa sul.

E continuamos nossa viagem todas as Quintas-feiras!

Este slideshow necessita de JavaScript.

Graziella Marasea Cebollero

Viaja o mundo a trabalho e com isso reúne diversas histórias e fotos que irá compartilhar com a gente.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: