Mendoza: Pulenta Estate

Visita com degustação na vinícola oficial da Porsche

Ao chegar na Pulenta Estate a vista é magnífica da cordilheira, ainda mais no período em que está com mais neve, não somente no topo. O prédio da sede espanta pelo tamanho pequeno, mas não deixe se enganar, ali é apenas a recepção. Todo o restante está no sub solo.

Vista cordilheira dos Andes em Mendoza, Pulenta Estate

Como fomos de carro alugado, não sabia se iria demorar muito para chegar, se iríamos nos perder, apesar do GPS indicando o caminho, então chegamos um pouco mais cedo do horário marcado. Ficamos aguardando o horário da visita, enquanto isso apreciamos e registramos a vista.

Também é possível ver um pequeno laboratório com algumas pessoas trabalhando, analisando e fazendo experimentações.

Degustação

Na visita, na qual passamos por diversos tanques de armazenamento, tanto inox quanto madeira, chegamos numa sala onde tem 3 motores, sendo um de um Fórmula 1. Algumas fotos na parede reforçam a ligação da Pulenta com o mundo do automobilismo.

Sentamos numa mesa com 12 lugares, no coração da vinícola. Era possível optar por uma degustação com 3 ou 4 vinhos, de maior ou menor grau de complexidade, variando com isso também o valor.

Degustação na Pulenta Estate

Se você está com mais alguém, é interessante cada um escolher um tipo, para que assim os dois experimentem mais vinhos. Foi o que fizemos. Valeu muito a pena e foi uma oportunidade de conhecer alguns vinhos.

Vinhos

Os vinhos produzidos são: La Flor, Pulenta Estate, Single Vineyard, Grandes Vinhos, Espumantes e os Especiais. La Flor são vinhos jovens e leves de diversas uvas, inclusive brancos, como o Sauvignon Blanc, Malbec e Malbec Rosé, Cabernet Sauvignon e Blend. Os Pulenta Estate já partem para um outro nível, com mais tempo em carvalho e na estocagem para atingir uma distinção de sabores única.

vinhos especiais da vinícola Pulenta Estate em Mendoza

Os Single Vineyard são feitos com uvas de apenas uma fazenda. Por exemplo: Malbec Finca Don Antonio. Os Grandes Vinhos são divididos em Gran Pinot Noir, Gran Cabernet Sauvignon, Gran Cabernet Franc, Gran Malbec e Gran Corte, produzido com corte de 5 uvas: Malbec, Cabernet Sauvignon, Merlot, Petit Verdot y Tannat.

O único vinho espumante produzido pela casa é o La Flor Extra Brut, uma mescla de uvas Pinot Noir y Chardonnay. Uma espumante leve e fresca, de boa acidez, corpo equilibrado e grande complexidade com excelente residual e persistente.

Edições Especiais e Porsche

No estacionamento já percebe-se a parceria das marcas ao vermos um Porsche estacionado.

O vinho oficial da Porsche é o Pulenta, que pode ser encontrado nos eventos que a marca realiza pelo mundo. A família Pulenta tem a concessão da Porsche na região de Mendoza e a loja fica ao lado do shopping Palmares Open Mall. Quem compra um carro lá ganha o vinho que leva o nome do modelo: Cayenne, Panamera, 991 Carrera e Macan.

Pulenta Estate 911 Carrera

História

A história da Pulenta data desde 1912, quando foi plantada a primeira vinha pelos irmãos Pulenta. O nome como é conhecida agora só veio em 2002, ao completar 100 anos da chegada da família à Argentina.

Atualmente conta duas fazendas de plantação: “Vinhedos do Don Antônio” – Los Arboles – Vale de Uco e “La Zulema” – Alto Agrelo, Luján de Cuyo. Ambas em Mendoza, na Argentina.

tour pela Pulenta Estate em Mendoza

A missão da empresa atualmente é “produzir series limitada de grandes vinhos, elaborados com orgulho na Argentina”.

Emir Freiberger

Formado em comunicação social com habilitação em jornalismo. Pós graduado em artes visuais, trabalha entre o mundo das artes e programação de sites e programas web.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: