Vinhos Verão – Rosés

Continuando a saga de vinhos para o verão, vamos entrar no mundo dos rosés. Por muito tempo foram deixados de lado, afinal vinho tinha que ser tinto ou branco, o meio termo era estranho. Depois que virou moda na França, esse tipo de vinho ganhou destaque mundial, principalmente em locais quentes como o Brasil.

Normalmente frutados, eles têm uma certa complexidade que pode ir além de um vinho branco bem elaborado. Praticamente qualquer vinho francês é uma boa pedida, com destaque para a região da Provance. Um que destaco, que fica próximo a Saint-Tropez, é a vinícola Berne. O vinho Rosé Terres de Berne Cotes de Provence, da garrafa quadrada, é uma delícia quando servido à 8º num dia quente.

A Itália também é um excelente produtor de vinhos rosés, com destaque para Poggiotondo Rosato Toscana Organic IGT. Produzido a base de uvas Sangiovese tem uma cor vermelho claro, com toques de frutas vermelhas e bem equilibrado.

Uma outra grande opção é o Garzón Estate Pinot Noir Rosé, da melhor vinícola do Novo Mundo eleita pela WineEnthusiast. Elaborado com uvas Pinot Noir, tem uma coloração mais clara que o italiano.

O Andeluna 1300 Malbec Rosé, como o nome já diz, é um rosé feito a partir de uvas Malbec, na Argentina. Frutas vermelhas estão presentes, frescor e equilíbrio e retrogosto agradável. Outra excelente pedida dos hermanos é o La Flor de Pulenta Malbec Rosé, vale muito a pena conferir esse vinho.

Do Chile tem diversas opções muito boas, da vinícola Leyda, Morandé Pionero, Santa Rita e mais uma infinidade que é facilmente encontrada até nas gôndolas do supermercado e que valem a pena pelo custo e qualidade.

Um dos meus queridinhos é o Espanhol Romeo. Feito com exclusividade pela Bodega Alceño com uvas Monastrell para a Grand Cru. A produção é um pouco limitada, às vezes não se encontra na loja, mas quando se acha, é bom levar pelo menos umas 2 garrafas para casa. Um vinho muito frutado, lembrando pêssego e muito refrescante.

Como o rosé fica no meio termo entre o branco e tinto, ele se torna muito versátil. Dependendo do vinho, das uvas e dos aromas, combina com praticamente qualquer comida. É um vinho que pode acompanhar a refeição toda, desde a salada até a sobremesa, ou quase isso.

Ps.: A lista seria muito maior se fosse colocar todos os bons vinhos rosés, aqui deixo mais alguns: Rosé Piscine, Vinho Guaspari Syrah Rosé, Casa Valduga Naturelle Rosé, Aguirre 18 Rosé Syrah e Adega de Pegões Rosé.

Quer saber mais sobre vinhos? Compre o ebook da Universidade do Vinho.

Emir Freiberger

Formado em comunicação social com habilitação em jornalismo. Pós graduado em artes visuais, trabalha entre o mundo das artes e programação de sites e programas web.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: