Aproximadamente 7 milhões irão prestar o ENEM nesse domingo (05)

Nesse ano o ENEM será dividido em dois domingos, 05 e 12 de Novembro, assim atendendo uma reivindicação antiga de todos que prestam a prova

O ministro da Educação, Mendonça Filho, disse na sexta-feira (03/11) que o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano terá a maior estrutura de segurança desde a sua criação. Em pronunciamento, em cadeia nacional de rádio e televisão, o ministro fez questão de ressaltar que serão utilizados 67 mil detectores de metal em todos os locais de prova, além de colocar em prática os detectores de pontos eletrônicos em locais indicados pela Polícia Federal. E também as provas personalizadas como mecanismo para coibir fraude.

Nesse ano o ENEM será dividido em dois domingos, 05 e 12 de Novembro, assim atendendo uma reivindicação antiga de todos que prestam a prova. Nesse domingo (05/11) haverá questões de linguagens, ciências humanas e redação. No outro domingo (12/11), será a vez das provas de ciências da natureza e matemática.

Abertura dos portões se dará às 10h e o fechamento às 13h
Abertura dos portões se dará às 10h e o fechamento às 13h

“Com certeza esse vai ser um método muito mais eficaz a todos que vão participar do ENEM, porque não precisarão ficar naquela pressão que acontecia nos anos anteriores”, comenta o professor de Língua Portuguesa, Arnaldo Guimarães.

Atualmente o Enem é a principal porta de entrada para a universidade. Os programas de acesso ao ensino superior, como o Sisu, para as universidades federais, o Prouni para bolsas e o Fies, com financiamento, estão garantidos. O novo Fies vai ofertar 310 mil contratos, com 100 mil deles a juros zero.

Somente na cidade de Ribeirão Preto são mais de 25 mil inscritos para fazer a prova do ENEM, sendo que, em todo o Brasil, os portões das escolas que receberão o ENEM serão fechados, impreterivelmente, às 13h (horário de Brasília).

O que levar para a prova

– O documento pode ser a carteira de identidade, carteira de motorista, carteira de trabalho, carteira de reservista ou passaporte. A carteira de estudante não será aceita como documento oficial. Também não serão aceitas cópias, nem mesmo as autenticadas.

– Para fazer as provas, a redação e preencher o cartão de respostas o candidato terá de usar caneta esferográfica de tinta preta, fabricada com material transparente. Outra cor de tinta impossibilita a leitura óptica do cartão de respostas.

Para fazer as provas, a redação e preencher o cartão de respostas o candidato terá de usar caneta esferográfica de tinta preta e de material transparente
Para fazer as provas, a redação e preencher o cartão de respostas o candidato terá de usar caneta esferográfica de tinta preta e de material transparente

– O cartão de comprovação de inscrição, que deve ser impresso na página do Enem, não é obrigatório, mas é recomendável levar para ter acesso mais fácil a dados como o local e a sala da prova. Quem precisar comprovar sua presença na prova, para apresentar no trabalho, por exemplo, deve levar a declaração de comparecimento impressa e colher a assinatura do coordenador no dia da prova. O formulário está disponível na Página do Participante.

– Lanches são permitidos, mas os alimentos industrializados, como biscoitos, salgadinhos e iogurte precisam estar com as embalagens lacradas. Todos serão vistoriados antes do ingresso na sala.

Itens proibidos

– Não é autorizado o uso de celular ou de qualquer aparelho eletrônico durante as provas. Os aparelhos terão de ser colocados em um porta-objetos com lacre, que deverá ficar embaixo da cadeira até o final das provas.

– O candidato também não poderá usar lápis, lapiseira, borrachas, livros, manuais, impressos, anotações, óculos escuros, boné, chapéu, gorro e similares e portar armas de qualquer espécie, mesmo com documento de porte. Se estiver com um desses objetos, eles deverão ser colocados no porta-objetos.

Autor

Kennedy Oliveira

É formado em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pelas Faculdades COC (atualmente Estácio). É pós-graduado em Comunicação: linguagens midiáticas, pelo Centro Universitário Barão de Mauá.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: