NAPEC ganha espaço bem mais amplo para desenvolver suas atividades

O Núcleo de Atendimento Pedagógico Especializado de Cravinhos (NAPEC) vem trabalhando com dedicação para a inclusão social que é um direito de todos.

A inclusão social é um conjunto de meios e ações que combatem a exclusão aos benefícios da vida em sociedade. O NAPEC (Núcleo de Atendimento Pedagógico Especializado de Cravinhos) foi criado no ano de 2007 e busca atender estudantes da Educação Básica da rede municipal, a partir de quatro anos, com diferentes deficiências e com suspeita de déficit cognitivo.

A coordenadora do NAPEC, Tarsila de Oliveira Olivito, neuropsicóloga com especialização em Psicopedagogia e Educação Inclusiva, acredita que a inclusão é incondicional, porque todos são aptos para vivenciarem situações comuns, e isso é o que pressupõe o conceito de inclusão.

“As pessoas só existem na diversidade, porque nunca nasceu nem nascerá um ser humano que seja igual ao outro, pelo menos com o que sabemos hoje. Que criança merece mais estar em uma ‘escola de qualidade’, uma criança com deficiência intelectual ou uma criança com uma inteligência dita normal’? Pela inclusão, a resposta são ambas, e estas perguntas não fazem qualquer sentido, porque ambas as crianças têm o mesmo valor humano”, explica a coordenadora do NAPEC, Tarsila Olivito.

Nova sede do NAPEC fica na Rua Marechal Deodoro da Fonseca, 760
Foto: Claudinho Nogueira

Para que a inclusão seja uma realidade é necessário rever uma série de barreiras, além da política e práticas pedagógicas e dos processos de avaliação. É necessário conhecer o desenvolvimento humano e suas relações com o processo de ensino-aprendizagem, levando em conta como se dá este processo para cada aluno.

“Temos todo o apoio da Secretaria Municipal de Educação que tem proporcionado cursos de capacitação, profissionais e materiais necessários para darmos continuidade ao nosso trabalho. Assim, somos profissionais da área da Educação Especial que estamos preparados para atuar junto aos alunos no ambiente escolar”, conta Tarsila Olivito.

A coordenadora do NAPEC elogia o trabalho e apoio dado pela Secretaria Municipal de Educação
Foto: Claudinho Nogueira

Por isso mesmo o NAPEC na semana passada ganhou uma nova sede, que agora fica na Rua Marechal Deodoro da Fonseca, 760, com um espaço bem mais amplo e estruturado para o atendimento dos estudantes, bem como uma melhor qualidade de trabalho aos profissionais.

“Sempre apoiaremos o trabalho do NAPEC em nossa cidade. É algo muito sério feito por todos esses profissionais, que iniciou em 2007 e neste ano completará 13 anos, e nada melhor do que um espaço mais amplo e com toda estrutura para alunos e profissionais. Tenho certeza que após essa Pandemia e volta das aulas esses alunos serão muito bem acolhidos e poderão se desenvolver ainda mais”, revela a secretária de Educação de Cravinhos, Margarete Stella Moraes.

Reunião começa a traçar como será a volta das atividades do NAPEC
Foto: Claudinho Nogueira

A atuação do NAPEC é de suma importância já que desempenha diversas funções nas escolas, não se restringindo apenas às tarefas que lhe cabem formalmente, como o atendimento a alunos deficientes em classe regular e o suporte aos seus professores. Na prática, os professores especializados podem atuar como agentes de mediação, sensibilização e mobilização pró-inclusão junto à equipe e a comunidade escolar.
Transformar a proposta de educação inclusiva numa tarefa de todos que dão vida às relações escolares é um dos principais papéis que este Núcleo pode realizar.

Atualmente o NAPEC atende em torno de 270 alunos, sendo esses todos da rede municipal de ensino, que compreende de 03 a 15 anos de idade (creche até Ensino Fundamental II). E para melhor atender, além do órgão central, o NAPEC ainda tem outros equipamentos nas escolas “Maria Virgínia Matarazzo Ippólito”, “João Nogueira”, Antonio Joaquim da Silva” e “Moacyr Martins dos Santos”.

Ampliação do espaço possibilita mais atividades aos alunos atendidos pelo NAPEC
Foto: Claudinho Nogueira

“Essa descentralização possibilita com que possamos ter um atendimento mais eficaz e englobado em toda a nossa cidade. E agora com a ampliação de um novo espaço ainda poderemos oferecer um melhor serviço, bem como ampliar o número de pessoas atendidas”, comenta Tarsila Olivito.

Todas as crianças devem ser inclusas na escola, e este direito é assegurado por lei, por isso a Educação de Cravinhos tem se dedicado para que possa cumprir a determinação, e proporcione ensino de qualidade a todos.

Kennedy Oliveira

É formado em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pelas Faculdades COC (atualmente Estácio). É pós-graduado em Comunicação: linguagens midiáticas, pelo Centro Universitário Barão de Mauá.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: