Confira o que acontece no agronegócio

O que acontece durante a semana no agronegócio você acompanha aqui na Intertv Web.

O colunista Gustavo Batista traz toda semana na coluna “Agro Minuto”, o que aconteceu na semana no mundo do agronegócio. Acompanhem!

EXPORTAÇÃO CARNE SUÍNA

As exportações brasileiras de carne suína totalizaram 98,5 mil toneladas em agosto. Com este número, os embarques do setor superam em 89,2% o volume registrado no mesmo mês de 2019, com 52 mil toneladas. Somente a China importou no mês passado cerca de 50 mil toneladas.

A receita em dólar do setor também é positiva com US$ 209,2 milhões, número que supera em 90,7% o saldo obtido no mesmo período de 2019, com US$ 109,7 milhões. No saldo do ano (janeiro a agosto), as vendas totalizaram 678,3 mil toneladas de carne e a receita já totalizou US$ 1,488 bilhão.

(Fonte: ABPA)

EXPORTAÇÃO FRANGO

As exportações brasileiras de carne de frango apresentaram alta de 11,3% no mês de agosto, alcançando 362,4 mil toneladas. No ano passado, foram exportadas 325,7 mil toneladas no mesmo período.

Em receita, houve decréscimo de 10%, com saldo de US$ 497,8 milhões, contra US$ 553,3 milhões em agosto de 2019. No acumulado do ano (janeiro a agosto), as exportações totalizaram 2,833 milhões de toneladas. Em faturamento, o total foi de US$ 4,14 bilhões em 2020. Os principais destinos foram China e Arábia Saudita, que voltaram a ocupar a segunda colocação na compra de frango brasileiro.

(Fonte: ABPA)

As exportações brasileiras de carne suína totalizaram 98,5 mil toneladas em agosto
Foto: GestaAgro360

EXPORTAÇÃO CAFÉ

O Brasil exportou 3,3 milhões de sacas de café em agosto deste ano. A receita cambial gerada pelas exportações no mês passado foi de US$ 386,6 milhões, equivalente a R$ 2,1 bilhões, o que representa um aumento de 25,2% em reais em relação a agosto de 2019. O preço médio da saca de café foi de US$ 118,71.

O café arábica correspondeu em agosto a 76,6% do volume total e o café conilon (robusta) atingiu a participação de 14,5%. Os cinco principais destinos do café entre janeiro e agosto foram: Estados Unidos, Alemanha, Itália, Bélgica e Japão, que representam metade do comércio do grão.

(Fonte: Cecafé)

EXPORTAÇÃO BRASIL

O Brasil exportou US$ 8,91 bilhões em produtos do agronegócio em agosto deste ano. O valor representa uma elevação de 7,8% em relação ao mesmo mês do ano passado (US$ 8,26 bilhões). O aumento ocorreu em função da quantidade dos produtos exportados, que registrou aumento de 16,5%.

O agronegócio representou mais de 50% na participação das exportações totais do país. Em relação ao faturamento, a movimentação somente do comércio de soja atingiu US$ 2,21 bilhões (+25,1%). Desse total, a China comprou perto de 75%, o que representou US$ 1,65 bilhão.

Com a queda de produção de açúcar na Índia e Tailândia na safra 2019/2020, houve novas oportunidades para o Brasil. As exportações do adoçante alcançaram em agosto US$ 960 milhões, com incremento de 107%.

(Fonte: MAPA)

O Brasil exportou US$ 8,91 bilhões em produtos do agronegócio em agosto deste ano
Foto: Agência CNI Notícias

ATUALIZAÇÃO SAFRA CANA

No acumulado da safra 2020/2021, a moagem de cana alcançou 415,09 milhões de toneladas, um aumento de 3,83% sobre as 399,79 milhões processadas em igual período do ciclo 2019/2020. A qualidade da matéria-prima processada atingiu em agosto, 156,07 kg por tonelada. A fabricação de açúcar totaliza 25,89 milhões de toneladas – crescimento de 43,76%. Já o etanol, acumula na safra quase 19 bilhões de litros, 7,10% a menos que em 2019.

(Fonte: UNICA)

ATUALIZAÇÃO SAFRA LARANJA

A Safra de laranja 2020/21 do cinturão citrícola de SP e MG foi reestimada em 286,72 milhões de caixas. O número é 0,36% menor do que o estimado em maio e 25,87% menor em relação à safra anterior.

A quantidade média projetada é de 257 frutos por caixa, o que equivale a laranjas com peso médio de 159 gramas. O ritmo de colheita é de 25% do total contra 35% no ano passado. Já a projeção da taxa de queda de frutos subiu de 17% para 17,30%, em média.

(Fonte: Fundecitrus)

A Safra de laranja 2020/21 do cinturão citrícola de SP e MG foi reestimada em 286,72 milhões de caixas
Foto: Anba

FECHAMENTO SAFRA GRÃOS 2019 – 2020

A safra de grãos do período 2019/20 deve ser concluída com recorde de 257,8 milhões de toneladas. 11 milhões a mais que o ciclo passado. A evolução deve-se ao aumento de 4,2% na área plantada, aliado ao ganho de 0,3% na produtividade.

Somente a soja foi responsável por 124,8 milhões de toneladas. Em seguida vem o milho que alcançou 102 milhões de toneladas. Destaque também para o algodão com 2,93 milhões de toneladas, o arroz com 11,2 milhões de toneladas e o feijão com 3,23 milhões de toneladas.

(Fonte: CONAB)

A safra de grãos do período 2019/20 deve ser concluída com recorde de 257,8 milhões de toneladas
Foto: MNP – Movimento Nacional de Produtores

Gustavo Batista

Gustavo Batista é jornalista há 20 anos com pós-graduação em gestão de comunicação. Tem experiência em rádio, tv, assessoria de imprensa e meios digitais. Já atuou em canais de tv como TV Clube, TV Record e TV Thathi. Atua há 10 anos no setor de Agronegócio.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: