Mais da metade dos brasileiros consome suplementos alimentares

A internet tem sido uma das principais aliadas para quem busca novos produtos

mais-da-metade-dos-brasileiros-consome-suplementos-alimentares

Os suplementos alimentares estão presentes na rotina de 54% dos brasileiros, segundo pesquisa encomendada pelas Associação Brasileira da Indústria de Alimentos para Fins Especiais e Congêneres (Abiad), Associação Brasileira das Empresas do Setor Fitoterápico, Suplemento Alimentar e de Promoção da Saúde (Abifisa) e Associação Brasileira das Empresas de Produtos Nutricionais (Abenutri).

A crescente demanda pelos suplementos também contribui para desmistificar o tabu que ronda seu consumo. “São produtos que fornecem nutrientes importantes para um dia a dia mais saudável e também para o suporte energético de quem pratica atividades físicas”, ressalta Diogo Círico, nutricionista esportivo da GSuplementos. A loja online possui uma fabricante nacional, a Growth Supplements, que oferece produtos com a mesma qualidade das marcas internacionais, mas com preços mais atrativos.

O papel da internet

A internet também tem se mostrado um excelente veículo para a popularização dos suplementos. Atualmente, 20% das compras nacionais são feitas nas lojas virtuais, segundo pesquisa da Abenutri.

“O valor abaixo do mercado é considerado um grande diferencial devido à venda ser direta ao consumidor final. Os produtos que levam a marca Growth, por exemplo, não passam por lojistas, representantes e revendedores. Desta forma, o lucro de terceiros não existe”, explica o Eduardo Rosa, vice-presidente da empresa.

Como ressalta Rosa, “a Growth Supplements trabalha com transportadora própria, capital próprio e importação própria da maioria das matérias-primas que utiliza na fabricação dos seus produtos”. Com isso, é possível diminuir os custos e, ao mesmo tempo, ter um controle ainda mais preciso sobre a qualidade da matéria-prima que vem de fora para confeccionar os suplementos.”

Fonte: Assessoria de imprensa – Conversion

Autor

Kennedy Oliveira

É formado em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pelas Faculdades COC (atualmente Estácio). É pós-graduado em Comunicação: linguagens midiáticas, pelo Centro Universitário Barão de Mauá.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: