Pagamento do IPVA começa a vencer a partir dessa terça-feira (09/01)

O motorista deve conferir o valor do imposto pela internet, ir com o número do Renavam e a placa do veículo até uma rede bancária autorizada para realizar o pagamento

Os proprietários de veículos registrados no Estado de São Paulo já podem conferir o valor do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) na rede bancária ou diretamente no endereço www.valoripva2018.fazenda.sp.gov.br, mediante o número do Renavam e placa do veículo.

Para automóveis, caminhonetes, ônibus, micro-ônibus, motos e similares, o vencimento começa nessa terça-feira (09/01). Os contribuintes podem pagar o IPVA 2018 em cota única, com desconto, ou parcelar o tributo em três vezes (nos meses de janeiro, fevereiro e março), de acordo com o final da placa do veículo. Também é possível quitar o imposto no mês de fevereiro, sem desconto (confira as datas na tabela abaixo).

O prêmio do seguro obrigatório DPVAT deve ser recolhido de forma integral junto com a primeira parcela do IPVA ou juntamente com a cota única.

Licenciamento

O governo de São Paulo tem adotado, cada vez mais, os meios eletrônicos para a prestação de serviços públicos, o que facilita a vida do cidadão, que não precisa se deslocar e pegar filas para atualizar um documento.

No caso do licenciamento de veículos, por exemplo, não é necessário ir às unidades do Detran-SP ou imprimir boleto para fazer o pagamento. Basta informar o número do Renavam ao caixa bancário ou selecionar essa opção nos terminais eletrônicos das agências bancárias ou no internet banking.

Para receber o documento em casa, o cidadão paga R$ 11 a mais pela postagem dos Correios. Neste caso, o documento é emitido automaticamente e a entrega é realizada em até sete dias úteis no endereço de registro do veículo, por isso é importante estar com o cadastro atualizado no Detran-SP.

Quem preferir solicitar e retirar o documento pessoalmente, é só ir até um posto Poupatempo ou unidade do Detran-SP da cidade onde o veículo está registrado, com o comprovante de pagamento e a identidade.

Independente do final da placa, o motorista que desejar pode optar pelo licenciamento antecipado e realizar o pagamento junto com o recolhimento do IPVA.

Autor

Kennedy Oliveira

É formado em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pelas Faculdades COC (atualmente Estácio). É pós-graduado em Comunicação: linguagens midiáticas, pelo Centro Universitário Barão de Mauá.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: