Copa do Mundo em condomínios

Dicas para evitar reclamações e possíveis multas

O clima festivo típico de Copa do Mundo tomou conta dos brasileiros e principalmente, nos dias de jogos da seleção brasileira, quando há confraternizações de familiares e amigos para assistirem juntos aos jogos.

Mas isso não significa que neste período está liberado para se comportar de qualquer maneira, sem regras. As normas de barulho, convivência e uso das áreas comuns continuam em vigor e é preciso estar atento a elas se a confraternização para ver os jogos for realizada em condomínios. O uso do bom senso para garantir a diversão e evitar transtornos e desgastes com o síndico e demais moradores é primordial.

Listo aqui algumas dicas básicas a serem seguidas:

– Os visitantes devem sempre ser identificados antes de entrar no condomínio.

– O morador é responsável por possíveis danos que seus convidados causarem ao condomínio, então, fique atento a quem convida e ao que fazem enquanto estiverem sob sua responsabilidade.

– Os visitantes de festas, seja na área comum ou nas unidades, não devem transitar livremente pelas áreas comuns.

– Não é permitido pintar as áreas comuns do condomínio sem aprovação em assembleia, por isso, nada de pintar o local com as cores do Brasil. Priorize a decoração fácil de ser retirada.

– Não solte rojões de sua sacada, é perigoso e pode terminar em incêndio, pessoas machucadas e multa.

– O uso de cornetas e vuvuzelas devem ser evitados e só serão tolerados no horário permitido de barulho (e sem excesso).

– Não consuma bebidas alcoólicas nas áreas comuns que não sejam destinadas a festas.

– Nas sacadas, evite decoração pesada e que possa se desprender e cair em cima de alguém, machucando-a.

Em caso de infrações, o condômino está sujeito a ser advertido ou multado, de acordo com o regulamento interno de cada condomínio.

No mais, aproveite a festa, torça muito e divirta-se sempre respeitando o espaço e os moradores locais.

Robinson Cardoso

Robinson Cardoso é administrador e diretor do Grupo Arcon Administração e Terceirização.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: