Confira o que acontece no agronegócio

O que acontece durante a semana no agronegócio você acompanha aqui na Intertv Web.

O colunista Gustavo Batista traz toda semana na coluna “Agro Minuto”, o que aconteceu na semana no mundo do agronegócio. Acompanhem!

TECNOLOGIA AGRO

Pesquisa inédita realizada pelo Sebrae em parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária e o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais mostra que 84,1% dos produtores rurais utilizam pelo menos uma tecnologia digital no processo produtivo. Ainda segundo o levantamento, 67,1% dos entrevistados acreditam na necessidade cada vez maior uso das tecnologias para o planejamento das atividades da propriedade e apenas 15,9% ainda não utilizam nenhuma tecnologia.

O desafio para o uso maior das tecnologias passa pelo alto custo para 67% dos entrevistados e falta de conexões em áreas rurais para 47%.

EXPORTAÇÕES AGRO

As vendas externas do agronegócio em julho representaram 51,2% no valor total exportado pelo Brasil, somando US$ 10 bilhões no mês passado, alta de 11,7% em relação ao valor exportado em julho de 2019. Somente o comércio para a China aumentou 34,3%.

Destaque para soja em grão (+39,4%), açúcar (+92,3%), celulose (+35,1%), algodão (+64,4%), carne suína (+45,0%) e carne bovina (+20,9%).

Pesquisa inédita mostra que 84,1% dos produtores rurais utilizam pelo menos uma tecnologia digital no processo produtivo
Foto: CI Orgânico

EXPORTAÇÕES CARNE SUÍNA

As exportações brasileiras de carne suína totalizaram 100,4 mil toneladas em julho, informa a Associação Brasileira de Proteína Animal. O saldo supera em 47,9% as vendas realizadas no mesmo período de 2019, com 67,9 mil toneladas. Em receita, o saldo total de julho chegou a US$ 203,1 milhões, número 37,3% superior ao registrado em julho do ano passado, com US$ 147,9 milhões.

No acumulado do ano, as vendas do setor cresceram 38,78%, com 579,9 mil toneladas exportadas entre janeiro e julho deste ano, contra 417,8 mil toneladas exportadas no mesmo período de 2019. Em receita cambial, a alta chega a 49,9%, com US$ 1,279 bilhão, contra US$ 853,5 milhões nos sete primeiros meses do ano passado. O principal destino é a China.

EXPORTAÇÕES CARNE DE FRANGO

As exportações brasileiras de carne de frango totalizaram 364,6 mil toneladas em julho, volume 5,7% menor em relação ao saldo registrado no mesmo mês de 2019, com 386,9 mil toneladas. No mesmo período, a receita cambial das exportações alcançou US$ 498,2 milhões, número 25% menor em relação ao registrado em julho de 2019, com US$ 664,1 milhões.

No acumulado do ano (janeiro-julho), o setor mantém alta positiva de 0,5%, com 2,471 milhões de toneladas exportadas em 2020. O resultado em receita chegou a US$ 3,642 bilhões, número 11,4% menor em relação ao mesmo período comparativo do ano passado. Assim como no setor de suínos, o principal comprador da carne de frango é a China.

As exportações brasileiras de carne suína totalizaram 100,4 mil toneladas em julho
Foto: BrasilAgro

EXPORTAÇÃO CAFÉ

Em julho, o Brasil exportou 3 milhões de sacas de café. O volume representa o segundo recorde histórico de exportações brasileiras de café para o mês já registrado. A receita cambial gerada pelos embarques foi de US$ 356,8 milhões, equivalente a R$ 1,9 bilhão, o que representa um aumento de 22,3% em reais em relação a julho de 2019. Resultado da alta do dólar. Já o preço médio da saca de café foi de US$ 117,4. Os dados são do Conselho dos Exportadores de Café do Brasil.

ATUALIZAÇÃO SAFRA CANA 2020/2021

Até primeiro de agosto a safra de cana já alcançou 326,44 milhões de toneladas na região centro-sul. O volume é 5,6% maior que no mesmo período do ano passado quando atingiu 308,96 milhões de toneladas. A produção de açúcar no ciclo já é de 19.73 milhões de toneladas – aumento de 47,64%. Já a produção de etanol acumulada totalizou 14,52 bilhões de litros, 6,6% inferior a temporada passada, o que mostra a tendência mais açucareira da indústria.

Em julho, o Brasil exportou 3 milhões de sacas de café. O volume representa o segundo recorde histórico de exportações brasileiras de café para o mês já registrado
Foto: Câmara de Comércio do Mercosul

ATUALIZAÇÃO SAFRA GRÃOS 2019/2020

A produção de grãos da safra 2019/20 do Brasil caminha para o desfecho final com volume recorde de 253,7 milhões de toneladas. Crescimento de 4,8% ou o equivalente a 11,6 milhões de toneladas sobre a produção da safra passada. O carro-chefe dos grãos é comandado pela soja e milho, que garantem quase 90% da produção nacional. A soja já tem garantida a produção recorde estimada em 120,9 milhões de toneladas. O milho ainda depende da conclusão da safrinha, mas também já tem recorde assegurado de 102,1 milhões de toneladas.

VALOR BRUTO PRODUÇÃO AGROPECUÁRIA

A estimativa para o Valor Bruto da Produção Agropecuária deste ano, com base nas safras de julho, é de R$ 742,4 bilhões, 10,1% acima do obtido em 2019, que foi de R$ 674,2 bilhões. As lavouras tiveram crescimento real de 12,3%, e a pecuária, 6,1%. As lavouras representam 66,5% do faturamento e a pecuária, 33,5%.

As lavouras representam 66,5% do faturamento e a pecuária, 33,5%
Foto: Governo do Estado de Rondônia

PREÇO ARROBA BOVINA

Os preços da arroba do boi gordo seguem em alta no mercado doméstico. Na parcial de agosto (até o dia 13), o Indicador CEPEA/B3 (São Paulo, à vista) registra média de R$ 227,85, a maior, em termos reais, considerando-se toda a série do Cepea, iniciada em 1994 (as médias mensais foram deflacionadas pelo IGP-DI de julho/20). A semana fechou com a arroba em R$ 224,75.

Os preços da arroba do boi gordo seguem em alta no mercado doméstico
Foto: Revista Safra

Gustavo Batista

Gustavo Batista é jornalista há 20 anos com pós-graduação em gestão de comunicação. Tem experiência em rádio, tv, assessoria de imprensa e meios digitais. Já atuou em canais de tv como TV Clube, TV Record e TV Thathi. Atua há 10 anos no setor de Agronegócio.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: