Antiga Estação Ferroviária de Cravinhos passa por restauro

O projeto está sendo executado por uma equipe super competente de engenheiros, restauradores e arquitetos.

A administração municipal de Cravinhos, através da Secretaria de Cultura e Turismo, está realizando o restauro da antiga Estação Ferroviária de Cravinhos. O objetivo é que o local possa se transformar em um grande Centro Cultural, para que a população se utilize do mesmo diariamente, com exposições, artesanato, gastronomia e muito mais.

“Queremos que além de preservarmos o nosso patrimônio histórico e cultural também possamos criar um novo espaço de interação entre a população de nossa cidade. Para que todas as formas de arte possam se encontrar e difundir no local”, diz a secretária de Cultura e Turismo de Cravinhos, Andréa Gaspar.

Autoridades municipais, arquitetos, restauradores e engenheiros durante visita a obra
Foto: Kennedy Oliveira

O local ainda contará com uma linda fonte e muitos outras melhorias de acessibilidade, mas guardando todas as suas características, e assim preservando esse patrimônio histórico-cultural.

“O projeto está sendo executado por uma equipe super competente de engenheiros, restauradores e arquitetos, isso possibilita com que em breve o espaço esteja totalmente concluído, e seja colocado em benefício de nossa população”, ressalta o prefeito de Cravinhos, Itamar Bueno.

Antigo prédio da Estação Ferroviária se transformará em um Centro Cultural
Foto: Kennedy Oliveira

Na tarde de quarta-feira (27/01), o prefeito Itamar, juntamente com o vice-prefeito, Márcio Barroso, e os secretários de Cultura e Turismo e Obras, estiveram, em reunião, na antiga Estação Ferroviária. Na ocasião os engenheiros, restauradores e arquitetos responsáveis puderam explicar como foi feito o projeto, como ficará inclusive a frente do local e o tempo estimado para a conclusão da primeira etapa da obra.
O restauro já teve início na parte interna do prédio, inclusive com a preservação de portas e janelas que já existiam no local, sendo que adaptações serão necessárias para deixar o prédio totalmente acessível, mas sem tirar a identidade do local.

Kennedy Oliveira

É formado em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pelas Faculdades COC (atualmente Estácio). É pós-graduado em Comunicação: linguagens midiáticas, pelo Centro Universitário Barão de Mauá.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: