Nascimento de um Poema!

O momento é propício

para sinfônicos poemas,

e sinto dentro de mim

brotando milhões de temas.

O primeiro aparece

na forma de um violino,

sugerindo um poema

com um teor divino.

Nesse momento uma música

aos poucos vai me envolvendo,

e tal como num parto

vejo o poema nascendo.

Ele já nasce nutrido

e vem com força total,

e sua primeira palavra

é um doce… “FELIZ NATAL!”

Irene Coimbra

É professora, escritora, poeta, produtora e apresentadora do Programa “Ponto & Vírgula” na TV MAIS RIBEIRÃO. Fundadora da Revista Ponto & Vírgula em Ribeirão Preto.  Editora e Promotora de Eventos Literários.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: