O Menino e a Pipa

Olhando para um menino

que uma pipa soltava,

da janela de minha sala

eu o observava.

 

Ele ia soltando a linha

enquanto a pipa subia,

sem perceber que da janela

seus movimentos eu via.

 

E quanto mais para o alto

a pipa ia subindo,

mais linha ele soltava

com isso se divertindo.

 

E quando, já lá no alto,

ela estava bailando,

ele firme aqui na terra

a linha ia puxando.

 

Durante muito tempo

fiquei a observar,

o menino aqui na terra

e a pipa lá no ar.

 

Comparei-me àquela pipa

bailando ali no espaço,

e a você com o menino

com a linha aqui embaixo.

 

Toda vez que alço voo

em direção ao Infinito,

você, segurando a pipa,

me segura enquanto agito.

 

E quando penso estar livre

para mais alto subir,

sinto-o puxando a linha

pra meu voo impedir.

 

Nesse momento percebo

que meu voo tão fugaz

é tal qual o da pipa

que na mão o menino traz.

 

Do Livro: “Entre Poemas” – Pág. 69 – Irene Coimbra

Foto: Divulgação

Irene Coimbra

É professora, escritora, poeta, produtora e apresentadora do Programa “Ponto & Vírgula” na TV MAIS RIBEIRÃO. Fundadora da Revista Ponto & Vírgula em Ribeirão Preto.  Editora e Promotora de Eventos Literários.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: