Alimentação para manter a saúde do coração

Essas doenças crônicas poderiam ser evitadas com uma alimentação mais balanceada e prática regular de atividade física.

Atualmente, com a sobrecarga de tarefas e atividades que as pessoas vivem, a maioria acaba negligenciando a alimentação, optando por alimentos industrializados e ultra processados pela praticidade e rapidez. Esse padrão alimentar leva ao aparecimento de várias doenças como a obesidade, hipertensão arterial, diabetes e problemas cardíacos. Essas doenças crônicas poderiam ser evitadas com uma alimentação mais balanceada e prática regular de atividade física. Uma alimentação equilibrada, que contém todos os grupos de alimentos, optando sempre pelos in natura e menos processados é o ideal. O consumo regular de frutas, verduras, legumes e cereais integrais contribuem para a saúde do coração.

Foto: Divulgação

– Peixes: salmão e sardinha são ricos em ômega 3, que auxilia no controle da pressão arterial e da coagulação do sangue. Consumir uma ou duas porções por semana pode trazer benefícios ao coração.

– Aveia: alimento, rico em fibras, reduz os níveis de LDL, conhecido como o colesterol ruim.

– Frutas: há uma variedade de frutas que podem beneficiar a saúde do coração. Entre elas, o abacate, que pode ajudar a reduzir os níveis do colesterol ruim e elevar a quantidade do colesterol bom em seu corpo. As frutas vermelhas também estão no grupo de alimentos benéficos, pois são anti-inflamatórias e reduzem o risco de doenças cardíacas e câncer. A banana, rica em potássio, ajuda a manter a função normal do coração. O potássio ajuda os rins a excretar o excesso de sódio, contribuindo assim para a pressão sanguínea saudável.

– Chocolate amargo: o consumo diário de um pequeno pedaço de chocolate (20g) com mais de 70% de cacau pode auxiliar no controle da pressão arterial, pois o cacau é rico em flavonoides.

– Brócolis, cenoura e batata doce: o brócolis é rico em beta-caroteno, vitaminas C e E, potássio, folato, cálcio e fibras, assim como a batata doce. A cenoura tem grande quantidade de vitamina A.

– Grãos: cereais como arroz integral (rico em vitaminas do complexo B, fibras, niacina e magnésio), feijão preto (tem grande quantidade de niacina, folato, magnésio, ácidos graxos, cálcio e fibra solúvel) e soja (auxilia na redução do colesterol e é uma ótima fonte de proteína) são importantes para manter o organismo saudável, o que estimula o bom funcionamento do coração.

– Vinho tinto: Uma taça de vinho por dia ajuda a elevar os níveis de HDL, conhecido como colesterol bom.

– Nozes: contém ômega-3 e, assim como as amêndoas e as nozes de macadâmia, são ricas em gordura mono e poli-insaturada.

– Azeite: o óleo das olivas também tem gorduras monoinsaturadas, por isso reduz o colesterol LDL e diminui o risco de se desenvolver doenças cardíacas.

– Espinafre: o vegetal possui luteína, folato, potássio e fibras.

Renata Dessordi

Renata Dessordi é nutricionista formada pela Universidade de Ribeirão Preto, especialista em Nutrição Clínica e Esportiva. Mestra em Alimentos e Nutrição pela Unesp. Doutoranda em Alimentos e Nutrição pela USP/Unesp. Auriculoterapeuta Francesa.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: