Estudante cravinhense é escolhida para representar a região em projeto de Ensino

A aluna Evelyn Calora, 15 anos, foi indicada pela Diretoria de Ensino de Ribeirão Preto a ser a representante da região no projeto “Embaixadores do Centro de Mídias SP”.

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (Seduc-SP) decidiu por promover um processo seletivo para nomear os Embaixadores do Centro de Mídias SP (CMSP). Entre os pré-requisitos estão a assiduidade nas atividades, a habilidade em gravar vídeos e se comunicar pelas redes sociais, assim como ter protagonismo juvenil. Todos os alunos matriculados na rede estadual poderiam participar do processo seletivo, e em Cravinhos a jovem Evelyn Calora Silva, 15 anos, estudante do 1º ano do Ensino Médio, da escola “Prof. Francisco Gomes” foi indicada e escolhida para representar a Diretoria de Ensino de Ribeirão Preto.

“Os professores entraram em contato comigo e me perguntaram se eu gostaria de concorrer a embaixadora do CMSP, pois um professor me indicou, aí eu aceitei”, comenta Evelyn Calora.

A estudante Evelyn Calora representa a Diretoria de Ensino de Ribeirão Preto
Foto: Arquivo Pessoal

Para fazer a inscrição, os alunos deveriam gravar um vídeo de 1 minuto dizendo porque deseja ser um embaixador, subir o conteúdo no YouTube para geração de link, preencher a ficha de inscrição, solicitar a autorização dos pais e entregar o documento completo para o coordenador da escola.

A estudante cravinhense fez todo o processo e ficou ansiosa para que depois da fase as escolas, a Diretoria de Ensino de Ribeirão Preto pudesse a escolher para representar todos os estudantes da região, e com sua apresentação em vídeo e engajamento, a escolha aconteceu.

“Para concorrer tinha que fazer um vídeo explicando as razões para ser escolhida como embaixadora, e a Diretoria de Ensino selecionou os alunos. Quando eu fiquei sabendo da notícia de que eu tinha sido escolhida, me senti muito feliz e lisonjeada”, revela Evelyn.

A cravinhense agora esperar que seja escolhida na fase final para que assim possa “construir uma conexão entre os alunos e o CMSP (Centro de Mídias de São Paulo)”.

“Quanto mais alunos se interessarem, mais contato eles terão com a escola e isso é uma ótima oportunidade para eles começarem a interagirem mais”, diz Evelyn Calora.

Ainda segundo Calora, ela recebeu muito apoio da escola que tirou todas suas dúvidas e lhe auxiliaram em todas as fases e processos.

Ter os próprios estudantes como embaixadores possibilita que eles falem de igual para igual com os colegas, e façam com que sejam influenciadores e multipliquem as possibilidades em toda a rede.

“Estou muito feliz de ter conseguido ser selecionada, pretendo fazer o meu melhor como embaixadora e me sinto grata a todos que me ajudaram, entre eles os meus pais, a escola ‘Professor Francisco Gomes’ e os professores”, conclui a estudante cravinhense.

Após serem escolhidos, os embaixadores participarão de cursos, palestras e workshops voltados à educação mediada por tecnologia, assim como terão a oportunidade de participar ao vivo de aulas junto com os professores no CMSP, dialogando sobre suas experiências e projetos de vida.

Kennedy Oliveira

É formado em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pelas Faculdades COC (atualmente Estácio). É pós-graduado em Comunicação: linguagens midiáticas, pelo Centro Universitário Barão de Mauá.

One thought on “Estudante cravinhense é escolhida para representar a região em projeto de Ensino

  • 2 de setembro de 2021 em 19:21
    Permalink

    A Evellyn é uma aluna muito especial, todos os projetos da escola ela aceitou com êxito e com uma vontade e disponibilidade impressionantes.. O grêmio estudantil e todo o seu trabalho é realizado com o mesmo afinco.
    Fico extremamente orgulhoso de poder participar um pouco de sua trajetória.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: