Formandos são inseridos no mercado de trabalho

Devido a Pandemia de Coronavírus, no ano passado, as turmas tiveram que ter aulas de forma remota, e não puderam receber o certificado de conclusão do curso.

O mercado de trabalho está cada vez mais exigente, por isso mesmo é preciso ter uma formação técnica ou superior para que se possa enfrentar de frente esse ambiente. Sabendo da dificuldade de muitos de pagarem os estudos, a administração municipal de Cravinhos, através Fundo Social de Solidariedade, tem oferecido constantemente cursos profissionalizantes, gratuitos, para a população interessada.

“Esses cursos possibilitam com que possamos auxiliar a nossa população a ser re(inserida) no mercado de trabalho”, diz a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade de Cravinhos, Dulcinéa Bueno.

Devido a Pandemia de Coronavírus, no ano passado, as turmas tiveram que ter aulas de forma remota, e não puderam receber o certificado de conclusão do curso. Por isso mesmo, no final de fevereiro, a atual primeira-dama, Dulcinéa Bueno, juntamente com a equipe do Fundo Social de Solidariedade, realizaram uma celebração a todos os participantes, em breve os certificados serão entregues a todos em uma cerimônia restrita.

“Tentamos fazer a cada noite dois cursos também para não haver aglomeração, e assim efetivar a conclusão dos cursos do ano passado, e inserindo todos esses profissionais no mercado de trabalho”, avalia a primeira-dama.

As modalidades certificadas na 15ª turma de formandos do Polo da Beleza foram: assistente de cabeleireiro (instrutora Maria Lúcia de Souza); manicure e pedicure (instrutora Carmen Vidal); depilação e designer de sobrancelhas (instrutora Josemara Calora Perez); maquiagem (instrutora Gisele Bernardes); e corte feminino, masculino e designer de barba (instrutor Diego Souza).

O Polo da Beleza é uma projeto realizado em convênio entre o Fundo Social do Estado de São Paulo (FUSSESP) e o Fundo Social de Cravinhos.

Kennedy Oliveira

É formado em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pelas Faculdades COC (atualmente Estácio). É pós-graduado em Comunicação: linguagens midiáticas, pelo Centro Universitário Barão de Mauá.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: